A Moss é a nova patrocinadora oficial do Flamengo

O patrocínio será de 3,5 milhões e conta com a presença nas mídias digitais, nos meiões e no ônibus do time

A temporada 2021 de futebol brasileiro acabou de começar e o Clube de Regatas do Flamengo, time carioca, acaba de fechar um patrocínio que vai gerar um grande impacto na saúde do nosso planeta. A Moss e o Flamengo se juntaram para transformar o maior clube do Brasil no “primeiro time carbono neutro do mundo”.

O que isso significa? O Flamengo neutralizará os impactos negativos ao meio ambiente através do crédito de carbono. Em entrevista ao Canal Paparazzo Rubro Negro, o CEO da Moss, Luis Adaime contou um pouco sobre a importância desse momento.

“A Moss tem como missão combater as mudanças climáticas e trazer essa informação para a atenção de todos. Por isso nós escolhemos o Flamengo, por ser o time mais popular do Brasil e do mundo, a gente sabia que ao patrocinar o clube, pelo menos o assunto a gente colocaria em foco. É importantíssimo que todos nós saibamos o que é crédito de carbono e que o mundo está com uma situação muito delicada.” conta o fundador da Moss.

Confira a entrevista completa:

A temática sobre o aquecimento global é urgente e diversas alternativas já estão trabalhando para reduzir ao máximo esses impactos negativos que estão sendo causados ao nosso planeta. E, sobre esses impactos, o CEO da Moss explicou sobre o porquê de se preocupar:

“A gente polui hoje em dia 55 bilhões de toneladas por ano de CO2, se a gente continuar a fazer isso, o cenário para 2050 é horroroso. A gente está falando da zona tropical do mundo ser inabitável, cidades como o Rio de Janeiro podem estar debaixo d’água e a produção de comida no mundo vai cair pela metade, por consequência do aumento no calor e da seca”, continua. 

Sobre a Moss

A Moss tem trabalhado para que o crédito de carbono se torne ainda mais acessível para todos. Agora, junto com o Flamengo, a expectativa é que o assunto se torne uma pauta nacional, debatida de forma mais frequente e que esses impactos sejam reduzidos de forma drástica. 

“O trabalho da Moss é para evitar esse cenário horroroso. Somente no ano passado, nós enviamos cerca de 70 milhões de reais diretamente para Amazônia, ou seja, o impacto nessas regiões e nas comunidades ribeirinhas é imenso. Foi então que a gente pensou que a gente precisava divulgar isso, entendendo que as pessoas precisam saber que, quando elas compram o crédito de carbono, não é um gasto. Você está comprando um bem que pode se valorizar e o dinheiro está indo para o pessoal que está conservando a nossa floresta.” finaliza Luis Adaime.

Para alegria da torcida do Flamengo, em vídeo publicado nas redes da Moss, o maior jogador da história do time, Arthur Antunes Coimbra, mais conhecido como Zico, disse: “Fiquei muito feliz em saber que a Moss patrocinará o nosso Flamengo. Estou enviando um forte abraço à Nação Rubro Negra”.

A Moss, através do crédito de carbono, está ajudando a salvar o planeta. Em um pouco mais de 1 ano, foram enviados cerca de 13 milhões de dólares para projetos que trabalham na preservação do meio ambiente.

Você pode conhecer esses projetos dentro do nosso blog, como Fazenda Ituxi, Agrocortex e Amazon Rio

Ficou com alguma dúvida e quer conhecer um pouco mais sobre como o crédito de carbono tem ajudado a salvar a Amazônia? Não se preocupe: no nosso site você conseguirá conhecer mais sobre a Moss, além de poder conhecer o nosso blog, onde há uma vasta produção de conteúdos com o intuito de tirar todas as dúvidas. 

Para comprar seu MCO2 Token é só clicar aqui. Se tiver dúvidas e precisar de um passo a passo, é só clicar aqui

A mudança que pode salvar o planeta está em nossas mãos, todos os dias. Neutralizando nossa pegada de carbono, reduzimos os impactos do aquecimento global e construímos juntos um mundo melhor.

Conte com a Moss. Nós criamos soluções inovadoras para tocar a sustentabilidade mais presente em seu dia a dia.

flamengo, maior time, moss, patrocinadora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *