Bitcoin Moss

Entenda como compensar criptomoedas como o Bitcoin

Após o empresário Elon Musk criticar o custo ambiental do Bitcoin, a criptomoeda sofreu uma desvalorização histórica. Saiba como compensar esse dano ao meio ambiente com a Moss

No último dia 12 de maio, o empresário Elon Musk anunciou que a Tesla, uma de suas empresas, não aceitaria mais o Bitcoin como forma de pagamento de seus veículos. Em seu Twitter, o empresário publicou:

“A Tesla suspendeu as compras de veículos usando Bitcoin. Estamos preocupados com o rápido aumento do uso de combustíveis fósseis para mineração e transações de Bitcoins, especialmente carvão, que tem as piores emissões dentre quaisquer combustíveis.

A criptomoeda é uma boa ideia em muitos níveis e acreditamos que seu futuro é promissor, mas isso não pode ter um grande custo para o meio ambiente.

A Tesla não venderá nenhum Bitcoin e pretendemos usá-lo para transações assim que a mineração fizer a transição para uma energia mais sustentável. Também analisamos outras criptomoedas que usam menos de 1% da energia / transação do Bitcoin.”

O resultado foi imediato: a criptomoeda sofreu uma desvalorização de 12% em um intervalo de apenas 24 horas, sua segunda maior queda, em números absolutos, da história.

E o que temos a ver com isso? Bom, nós temos a solução para os receios de Elon.

O Bitcoin e seu custo ambiental

O custo ambiental do Bitcoin não está em seu processo de compra e venda e sim no processo de mineração, que consome uma grande quantidade de energia em troca de garantir o funcionamento da blockchain e a segurança de suas transações.

A ideia é que participantes da rede ajudem a mantê-la segura e funcionando e, por isso, sejam recompensados financeiramente por meio da emissão de novos Bitcoins.

Como a mineração consome uma grande quantidade de energia, a busca desses usuários (sejam empresas ou pessoas físicas) por uma energia barata e, muitas vezes, danosa ao meio ambiente, aumenta a cada dia.

Consequentemente, esse processo torna-se cada vez mais prejudicial ao Planeta Terra.

Como podemos solucionar este problema?

Uma opção para compensar as emissões de dióxido de carbono para a atmosfera é a compra de créditos de carbono.

Nesse caso, a cada Bitcoin comprado, você pode compensar suas emissões adquirindo dois créditos de carbono com a Moss. A aquisição do MCO2 Token, o crédito de carbono da Moss, já repercutiu e foi citada por Fabrício Tota, diretor do Mercado Bitcoin, em reportagem da CNN Brasil. 

Leia a matéria na íntegra aqui: https://www.cnnbrasil.com.br/business/2021/05/13/bitcoin-tem-queda-historica-apos-fala-de-musk-e-hora-de-comprar-ou-vender

É bom lembrar que todos nós, todos os dias, somos responsáveis direta ou indiretamente pela emissão de gases estufa para a atmosfera, o que é conhecido como pegada de carbono. 

Você pode ler mais sobre esse assunto aqui no blog e também calcular a sua própria pegada clicando neste link.

Logo, todos nós, compradores ou não de Bitcoin, devemos fazer essa compensação.

Conheça o crédito de carbono da Moss: O MCO2 Token

Com origem em projetos de conservação florestal, o MCO2 Token pode neutralizar toneladas de dióxido de carbono. A cada crédito comprado significa que uma tonelada de carbono equivalente deixou de ser emitida para a atmosfera.

Para conhecer mais sobre esses projetos, clique aqui.

Ao colocar créditos de carbono em tokens, a Moss tornou o mercado mais seguro, democrático e dinâmico. Em carteira digitais, o crédito de carbono deixou de ser somente um gasto para virar um ativo, que pode ser vendido em bolsas internacionais.

A colocação das carteiras digitais em blockchain também aumentou a segurança do processo e deu maior transparência às transações.

Dentro do mercado de crédito de carbono, a Moss se destaca como a maior plataforma ambiental do mundo. Em menos de um ano, o MCO2 Token valorizou 700% e foi responsável por enviar mais de US$ 13 milhões para a preservação de 780 mil árvores na Floresta Amazônica.

A mudança que pode salvar o planeta está em nossas mãos, todos os dias. Neutralizando nossa pegada de carbono, reduzimos os impactos do aquecimento global e construímos juntos um mundo melhor.

Conte com a Moss. Nós criamos soluções inovadoras para tocar a sustentabilidade mais presente em seu dia a dia.

bitcoin, crédito de carbono, créditos de carbono, criptomoedas, earth, mco2, MCO2 token, moss, pegada de carbono, tecnologia, tokenização

Aquecimento global

Aquecimento global: o que posso fazer?

Confira 10 atitudes  para combater os impactos do aquecimento global

O aumento desenfreado na emissão dos gases estufa é um dos maiores desafios de nossa geração. Com um padrão de vida cada vez mais atrelado à grande emissão de poluentes, a humanidade coloca o planeta e as próximas gerações em risco.

Intensificado após a Revolução Industrial, o aumento na emissão de gases de efeito estufa é um problema muito atual.

Segundo os dados do Observatório do Clima, em 2019, no Brasil, tivemos um aumento de 9,6% das emissões brutas de gases de efeito estufa, mesmo com um aumento do PIB (Produto Interno Bruto) de apenas 1,1%.

Isso significa que mesmo com baixo crescimento econômico, poluímos muito. 

No entanto, a mudança que nós queremos depende de cada um de nós.

Vamos listar aqui 10 atitudes que podemos mudar no nosso dia a dia que contribuirão para diminuição da emissão de dióxido de carbono e, consequentemente, a diminuição do aquecimento global.

1 – Diminua o consumo de energia elétrica

A produção de energia elétrica é uma das principais responsáveis pela emissão de dióxido de carbono para a atmosfera.

Apesar de termos muitas opções de energia limpa (como já falamos aqui no blog), uma boa parte dessa produção ainda emite uma grande quantidade de gases de efeito estufa.

Algumas pequenas atitudes do nosso dia a dia podem ajudar a diminuir o consumo de energia elétrica, como: observar a etiqueta de eficiência na compra de eletroeletrônicos, optando sempre por comprar os que estiverem com a letra “A”, que indicam menor consumo. apagar as luzes ao sair dos ambientes; desligar os aparelhos eletrônicos da tomada etc. quando não estiverem em uso; 

2 – Deixe de lado o carro

Ir para o trabalho em um carro movido a gasolina é algo nocivo para o planeta, em razão da grande emissão de CO² para a atmosfera.

Por isso, usar o transporte público, andar a pé, incentivar a “carona” e usar mais a bicicleta como meio de transporte também são atitudes que podem ajudar a salvar o planeta.

3 – Mude sua alimentação

A criação de gado em pastagem é uma das grandes responsáveis pela emissão de gases de efeito estufa, o que torna o alto consumo de carne prejudicial para a saúde do meio ambiente. 

Alimentos processados (como batatas chips e refrigerantes) podem ser substituídos por produtos cultivados localmente.

Lembre-se que a emissão de poluentes está em todo o ciclo de vida do produto, desde a sua plantação até a sua total deterioração do ambiente, incluindo aí produção, transporte e descarte.

Fazer a sua própria horta orgânica também é uma opção sustentável!

4 – Atenção ao comprar móveis e objetos de madeira

Você sabia que os móveis de madeira da sua casa também são responsáveis pela emissão de gases de efeito estufa?

Sempre verifique se a madeira é certificada, o que garante que ela foi manejada de forma correta e não extraída ilegalmente de matas nativas.

Uma das formas de fazer essa verificação é solicitando o DOF (documento de origem florestal), que é uma licença obrigatória para transporte, beneficiamento, comércio, consumo e armazenamento de produtos e subprodutos florestais de origem nativa. 

5 –  Evite o desperdício e consumismo

Nosso consumo é muito pautado pela publicidade e pelo consumo de produtos, muitas vezes, supérfluos.

Aqui a dica é, além de não desperdiçar alimentos, tentar não comprar roupas que não serão usadas com frequência.

Dê preferência a produtos com alta durabilidade, afinal, um consumo consciente é fundamental para salvar o planeta. A ida ao mercado também exige mais atenção:  leia sempre os rótulos e busque a origem dos alimentos e produtos, além de pesquisar sobre o processo produtivo.

6 – Reduza a sua “papelada”

Ao imprimir, utilize a frente e o verso das folhas, opte por contas digitais e recuse todo e qualquer papel sem utilidade como notas fiscais físicas, recibos de pagamento e contas em papel.

7 – Recicle

Sempre que possível, reutilize embalagens e objetos. Deixe de lado as sacolas plásticas e utilize as retornáveis. Produtos reciclados são uma opção consciente de consumo.

8 – Defenda políticas públicas de redução de emissões de CO2

É necessário a cobrança da população aos governantes por políticas públicas que pensem na redução das emissões de gases estufa.

Desde o nível nacional, envolvendo a adesão a acordos internacionais pelo clima (como o Acordo de Paris), até medidas locais, como a construção de aterros sanitários e a coleta seletiva de lixo pela cidade. 

A existência de lixões a céu aberto e a queima irregular de resíduos ainda são responsáveis por uma grande quantidade de gases estufa na atmosfera.

9 – Cuide do seu lixo

Como falamos anteriormente, o correto tratamento do lixo é fundamental para a sobrevivência do planeta. Separe o lixo orgânico do reciclável e faça o descarte correto dos itens diferenciados, como pilhas e baterias.

10 – Compense sua pegada de carbono, através do MCO2 Token

Uma das formas para você ajudar a reduzir as emissões de gases estufa para atmosfera é compensando suas emissões de carbono. 

Cada crédito de carbono significa que uma tonelada de carbono equivalente deixou de ser emitida para atmosfera. Isto ocorre, pois esses créditos tem origem em projetos de conservação florestal que podem neutralizar toneladas de dióxido de carbono. 

Quer ler mais sobre como adquirir esses créditos? Clique aqui para saber mais sobre o assunto e ver o passo a passo de como comprá-los.

As atitudes simples que podemos tomar hoje irão nos ajudar a garantir a saúde do planeta para gerações à nossa frente. Podemos (e devemos) dar um mundo melhor para nós mesmos, para o meio ambiente e para nossos filhos e netos.

A mudança que pode salvar o planeta está em nossas mãos, todos os dias. Neutralizando nossa pegada de carbono, reduzimos os impactos do aquecimento global e construímos juntos um mundo melhor.

Conte com a Moss. Nós criamos soluções inovadoras para tocar a sustentabilidade mais presente em seu dia a dia.

aquecimento global, carbon credit, comprar crédito de carbono, crédito de carbono, MCO2 token, meio ambiente, pegada de carbono, sustentabilidade, tokenização

Pegada de Carbono

Como compensar a minha pegada de carbono?

Saiba como compensar a sua pegada de carbono (emissões de gases de efeito estufa) e ajude a salvar a humanidade

Ao longo de cada dia de nossa vida, em cada ação que fazemos, deixamos marcas que são consequências de nossas atitudes. É como andar em um terreno úmido e olhar para trás: você verá as pegadas do caminho que acabou de percorrer.

A pegada de carbono funciona da mesma forma: ela é consequência de ações do nosso cotidiano.

Muitas das ações que fazemos podem resultar na emissão de dióxido de carbono (CO²) e outros gases de efeito estufa na atmosfera (GEE). São essas ações que formam a nossa pegada de carbono.

Por exemplo, ao ir para o trabalho em um carro movido a gasolina, você deixa sua pegada de carbono, que envolve desde o processo de produção deste automóvel até a queima do combustível fóssil que fez o carro funcionar, além de todo o ciclo de vida de todos os componentes do automóvel.

Até atitudes mais simples, como utilizar uma sacola plástica, colabora para a emissão de gases estufa. A fabricação de cinco delas emite 1 kg de carbono equivalente na atmosfera, durante todo o seu ciclo de vida.

Como descubro qual é a minha pegada de carbono?

É comum se perguntar sobre como calcular essa tal “pegada de carbono”, que tanto falamos por aqui.

Para te ajudar a calcular suas emissões de carbono, a Moss criou uma calculadora digital. 

Na Calculadora da Moss, você irá responder a perguntas sobre hábitos do seu dia a dia como quanto, em média, você gasta com gás por mês, quantas peças de roupa você comprou em 2020, quais meios de transporte você costuma utilizar no seu dia a dia etc.

Após responder a essas rápidas perguntas, em apenas três minutos, você saberá quantas toneladas de dióxido de carbono (CO²) você emitiu ano período de 1 ano, seu desempenho em relação à média global (que é de 6,54 toneladas, por pessoa) e como você pode compensar a sua pegada de carbono com a ajuda da Moss.

Como posso compensar a minha pegada de carbono?

Uma das formas para você compensar a sua pegada de carbono é adquirindo créditos de carbono. Dentro desse mercado, a Moss se destaca como a maior plataforma ambiental do mundo.

O crédito de carbono é um certificado que comprova que uma tonelada de carbono equivalente* deixou de ser emitida para a atmosfera. Isso ocorre, pois, os créditos de carbono vêm de projetos que visam capturar o excesso de dióxido de carbono (CO²) do meio ambiente, com medidas que passam por conservação ambiental, reflorestamento e manejo florestal sustentável. 

Assim, o MCO2 Token da Moss tem origem em projetos de conservação florestal que também beneficiam populações locais e podem neutralizar toneladas de CO2.

Se você quiser conhecer alguns desses projetos apoiados pela Moss é só clicar aqui.

Como posso adquirir créditos de carbono na Moss?

Hoje qualquer pessoa, física ou jurídica pode adquirir o MCO2 Token: o crédito de carbono vendido pela Moss. Para adquirir o seu, é só clicar aqui. É rápido, além de ser um ativo perene, seguro e auditado por instituições internacionais, que regulam o mercado de crédito de carbono.

Em um pouco mais de um ano, já enviamos cerca de 100 milhões de reais para projetos que trabalham na preservação do meio ambiente.

Compre agora seus créditos de carbono, compense suas emissões e ajude a salvar o planeta.

Com a Moss, compensa mais.

*carbono equivalente: como há diversos gases causadores do efeito estufa (além do dióxido de carbono), criou-se o carbono equivalente, que é um conceito utilizado para representar todos esses gases em uma única unidade, de modo a viabilizar o mercado de crédito de carbono.

carbon credit, comprar crédito de carbono, comprar créditos de carbono, crédito de carbono, mco2, moss, pegada de carbono, sustentabilidade

Como comprar créditos de carbono?

Como faço para comprar créditos de carbono?

Compre créditos de carbono com o maior ativo digital verde do mundo e ajude a salvar o planeta

O MCO2 é um token de crédito de carbono comercializado pela Moss.

Um token MCO2 equivale a um crédito de carbono. Dentro desse mercado, a MOSS se destaca como a maior plataforma ambiental do mundo que disponibiliza esse serviço.

O processo de tokenização de créditos de carbono, através da criação do MCO2 Token, torna esse mercado mais democrático, seguro e dinâmico. Através da criação de carteiras digitais, o crédito de carbono deixa de ser somente um gasto para virar um ativo, que pode ser vendido globalmente em bolsas internacionais.

A colocação das carteiras digitais em blockchain aumenta a segurança do processo e dá maior transparência às transações.

Ao adquirir créditos de carbono você está contribui em projetos que visam capturar o excesso de dióxido de carbono, reduzindo assim o efeito estufa, o aquecimento global e suas consequências ambientais e sociais como: a extinção de animais e plantas; o aumento da probabilidade de secas e ondas extremas de calor; o aumento do nível do mar; um maior número de ciclones com intensidade forte; o crescimento dos refugiados climáticos (pessoas que são obrigados a migrar, em razão de condições climáticas).

Como adquirir créditos de carbono?

Hoje, qualquer pessoa física ou jurídica pode adquirir o crédito de carbono MCO2 Token.

Como já falamos anteriormente, ao comprar este ativo, você contribuir para projetos que visam a proteção ambiental, o manejo florestal (em especial, da Floresta Amazônica) e a responsabilidade social, por meio da melhoria da qualidade de vida das pessoas da região em que o projeto está inserido. 

Alguns deles já foram detalhados aqui no blog como: o Projeto Agrocortex, uma das maiores iniciativas de exploração florestal sustentável do país, focado na produção madeireira a longo prazo; a Fazenda Fortaleza Ituxi, com foco no manejo sustentável para redução das emissões de dióxido de carbono; e o Amazon REED+IFM, que tem como objetivo a conservação de mais de 20 mil hectares de floresta no Amazonas.

Para adquirir seu MCO2 Token, é só clicar aqui.

Leva menos de dois minutos, custa pouco além de ser um ativo perene, seguro e auditado por instituições internacionais, que regulam o mercado de crédito de carbono.

Veja o passo a passo para adquirir o MCO2 Token

Está em dúvida em como adquirir seu crédito de carbono? Fizemos esse passo a passo para te ajudar.

1 – Acesse o site da MOSS: moss.earth

Captura de tela 2021 12 08 221859

2 – Clique em “Cadastre-se” e faça seu cadastro.

WhatsApp Image 2021 05 05 at 17.51.36 1 1

3 – Ao término, enviaremos uma mensagem para o seu e-mail. Abra essa mensagem e confirme o seu cadastro. É importante olhar em todas as caixas de entrada de seu e-mail, pois nossa mensagem, eventualmente, pode estar na sua caixa de spams ou promoções.

WhatsApp Image 2021 05 05 at 17.51.36 2

4 – Em seguida, enviaremos um SMS com um código de confirmação para o seu celular cadastrado. Digite esse código e tenha acesso a sua conta. Essas ações são fundamentais para garantir a segurança de seu cadastro conosco.

WhatsApp Image 2021 05 05 at 17.51.37

5 – No menu, à esquerda, você terá a opção COMPRAR. Clique nela para adquirir seu MCO2 token.

WhatsApp Image 2021 05 05 at 17.51.37 1

6 – Escolha a quantidade de créditos que deseja comprar (esse valor é convertido para reais) e clique em avançar.

WhatsApp Image 2021 05 05 at 17.51.37 2

7 – Agora é só escolher sua forma de pagamento: PIX, cartão de crédito ou TED.

8 – Aproveite para explorar nossa plataforma digital. Calcule a sua pegada de carbono, compense suas emissões, compre créditos de carbono e indique a nossa plataforma para amigos (as).

Agora você já pode repensar seus hábitos e neutralizar suas emissões de carbono. A mudança que pode salvar o planeta está em nossas mãos, todos os dias, a poucos cliques de distância.

Compre agora seus créditos de carbono, compense suas emissões e ajude a salvar o planeta.

Com a Moss, compensa mais.

aquecimento global, blockchain, carbon credit, comprar crédito de carbono, comprar créditos de carbono, crédito de carbono, créditos de carbono, earth, mco2, MCO2 token, moss

Pegada de carbono

5 hábitos para você reduzir a sua pegada de carbono

Ajude a salvar o planeta, mudando a sua rotina para diminuir a sua pegada de carbono e as emissões de gases de efeito estufa.

O que é pegada de carbono?

A pegada de carbono é uma metodologia criada para medir as emissões de gases de efeito estufa na atmosfera. Essas emissões são provenientes de produtos, serviços ou processos ao longo de todo seu ciclo de vida. 

Como você vai para o seu trabalho? Qual é a sua alimentação? Que tipo de roupa você usa? Todas essas questões compõem o nosso dia a dia e mostram nossos hábitos, e são justamente eles que resultam em nossa pegada carbono.

Por que devo reduzir a minha pegada?

A pegada de carbono é um indicador crucial para salvarmos o planeta de um colapso ambiental. Os gases de efeito estufa se acumulam na atmosfera e causam profundas mudanças climáticas e sociais, logo, quanto maior a sua pegada de carbono, mais impacto negativo você gera para o planeta.

Quais hábitos posso mudar no meu dia a dia para reduzir minha pegada de carbono?

A mudança de hábitos é fundamental para a redução da pegada de carbono. Algumas atitudes que ajudam nessa redução são: 

1. Optar por transporte público

Substitua o carro movido a gasolina por bicicleta ou transporte coletivo. Um litro de gasolina emite 2,3 kg de carbono equivalente na atmosfera e a produção de um carro emite 17 toneladas ao longo de todo o seu ciclo de vida.

2. Mude a sua alimentação

Diminua o consumo de carne, não consuma alimentos processados (como batatas chips e refrigerantes) e dê preferência a produtos cultivados localmente ou faça sua própria horta orgânica.

3. Recicle o lixo

Deixe de lado as sacolas plásticas e utilize as retornáveis. Sempre que possível, dê preferência a produtos reciclados. A fabricação de cinco sacolas plásticas emite 1 kg de carbono equivalente na atmosfera. 

4. Evite o consumo em excesso

Não desperdice alimentos, não compre roupas novas (que não serão utilizadas com frequência) e dê preferência a produtos reciclados (como falamos no item anterior).

5. Opte por produtos de limpeza caseiros

A maior parte dos produtos de limpeza e lavanderia disponíveis no mercado contém componentes químicos feitos a partir de combustíveis fósseis, fonte não-renovável de carbono.

Troque os seus produtos de limpeza tradicionais por produtos naturais como vinagre, limão e bicarbonato de sódio. Aqui você pode conferir dicas de produtos de limpeza caseiros, feitos com ingredientes naturais.

Como a Moss pode ajudar a neutralizar pegadas de carbono?

Uma opção para reduzir e até neutralizar totalmente a sua pegada de carbono, é calcular sua pegada e compensar através de créditos de carbono pela Moss, a maior plataforma ambiental do mundo.

O crédito de carbono é um certificado que comprova que uma tonelada de dióxido de carbono (CO²) deixou de ser emitida para a atmosfera.

Ao comprar esses créditos, você está contribuindo para projetos que visam capturar o excesso de dióxido de carbono, reduzindo assim o efeito estufa e neutralizando a sua pegada de carbono.

Alguns deles já foram detalhados aqui no blog como: o Projeto Agrocortex, uma das maiores iniciativas de exploração florestal sustentável do país, focado na produção madeireira a longo prazo; a Fazenda Fortaleza Ituxi, com foco no manejo sustentável para redução das emissões de dióxido de carbono; e o Amazon REED+IFM, que tem como objetivo a conservação de mais de 20 mil hectares de floresta no Amazonas.

Para adquirir o MCO2 Token é só clicar aqui. Leva menos dois minutos, além de ser um ativo perene, seguro e auditado por instituições internacionais, que regulam o mercado de crédito de carbono.

Agora você pode repensar seus hábitos e neutralizar suas emissões de carbono. A mudança que pode salvar o planeta está em nossas mãos, todos os dias, a poucos cliques de distância.

aquecimento global, comprar crédito de carbono, comprar créditos de carbono, créditos de carbono, efeito estufa, hábitos, mco2, MCO2 token, pegada de carbono

O que é MCO2 Token?

MCO2 Token: você sabe o que é?

Saiba mais sobre o MCO2, o maior ativo digital verde do mundo.

O que é o MCO2 Token?

O MCO2 é um token de crédito de carbono comercializado pela Moss. Um token MCO2 equivale a um crédito de carbono. Dentro desse mercado, a Moss se destaca como a maior plataforma ambiental do mundo que disponibiliza esse serviço.

O que é crédito de carbono?

Criado em 1997, a partir do Protocolo de Kyoto, o crédito de carbono é um certificado que comprova que uma tonelada de dióxido de carbono (CO2) deixou de ser emitida para a atmosfera.

Ao comprar esses créditos, você está contribuindo em projetos que visam capturar o excesso de dióxido de carbono, reduzindo assim o efeito estufa, o aquecimento global e suas consequências ambientais e sociais como: a extinção de animais e plantas; o aumento da probabilidade de secas e ondas extremas de calor; o aumento do nível do mar; um maior número de ciclones com intensidade forte; o crescimento dos refugiados climáticos (pessoas que são obrigados a migrar, em razão de condições climáticas).

Por que devo adquirir o MCO2 Token?

O processo de tokenização de créditos de carbono resultou no MCO2 Token, um ativo que torna esse mercado mais democrático, seguro e dinâmico.

O crédito de carbono deixa de ser somente um gasto para virar um ativo que pode ser vendido globalmente em bolsas internacionais. A colocação das carteiras digitais em blockchain aumenta a segurança do processo e dá maior transparência às transações.

Assim, há uma tendência mais clara de crescimento de mercado, facilitando, inclusive, a entrada de pessoas físicas e organizações da sociedade civil.

O MCO2 Token democratiza a compensação de carbono e aumenta maciçamente o financiamento para a conservação do meio ambiente e para a redução de gases de efeito estufa.

Como posso contribuir para salvar o meio ambiente adquirindo o MCO2 Token?

Na compra do MCO2 Token, você contribui para projetos que visam a preservação da Amazônia, o manejo sustentável, a conservação da biodiversidade local e a captura do excesso de dióxido de carbono presente na atmosfera.

Os critérios de escolha dos projetos ambientais a serem apoiados são rígidos. Envolvem visitas, entrevistas, conferência de documentação, investigação e avaliação técnica dos riscos. A Moss, então, escolheu 20 dos 200 melhores projetos do Brasil, que têm como função a captura do excesso de gases estufa da atmosfera.

Em um pouco mais de um ano, foram enviados cerca de 13 milhões de dólares para projetos que trabalham na preservação do meio ambiente.

Alguns deles já foram detalhados aqui no blog como: o Projeto Agrocortex, uma das maiores iniciativas de exploração florestal sustentável do país, focado na produção madeireira a longo prazo; a Fazenda Fortaleza Ituxi, com foco no manejo sustentável para redução das emissões de dióxido de carbono; e o Amazon REED+IFM, que tem como objetivo a conservação de mais de 20 mil hectares de floresta no Amazonas.

Como comprar créditos de carbono?

Hoje qualquer pessoa física ou jurídica pode adquirir o crédito de carbono MCO2 Token. Como já falamos anteriormente, ao comprar este ativo, você contribui para projetos que visam a proteção ambiental, o manejo florestal (em especial, da Floresta Amazônica) e a responsabilidade social, por meio da melhoria da qualidade de vida das pessoas da região em que o projeto está inserido. 

Caso queira aprender a comprar, confira o vídeo que preparamos em parceria com o Mercado Bitcoin:

Para adquirir seus créditos de carbono, é só clicar aqui. Em minutos, você adquire um ativo digital verde, seguro e auditado por instituições internacionais. 

A mudança que pode salvar o planeta está em nossas mãos, todos os dias. Neutralizando nossa pegada de carbono, reduzimos os impactos do aquecimento global e construímos juntos um mundo melhor.

 

aquecimento global, blockchain, carbono, crédito de carbono, créditos de carbono, efeito estufa, mco2, MCO2 token, pegada de carbono

Carbon Credits

Você precisa saber tudo sobre crédito de carbono

O que é crédito de carbono, quando surgiu e como você pode adquirir este ativo que está salvando o planeta

O que é crédito de carbono?

Crédito de carbono é um conceito, surgido a partir do Protocolo de Kyoto em 1997, que visa à diminuição dos gases de efeito estufa, que provocam diversos problemas ambientais associados às mudanças climáticas.

Assim, é um certificado que comprova que uma tonelada de dióxido de carbono (CO2) deixou de ser emitida para a atmosfera.

Ao comprar esses créditos, você está incentivando projetos que visam capturar o excesso de dióxido de carbono, reduzindo assim o efeito estufa e o aquecimento global. Dentro do mercado de crédito de carbono, a Moss se destaca como a maior plataforma ambiental do mundo que disponibiliza esse serviço.

Por que e quando o crédito de carbono foi criado?

Apesar de o efeito estufa ser um fenômeno natural, ao longo dos anos e, em especial, desde a Revolução Industrial, a emissão de gases estufa decorrentes da ação humana vem crescendo vertiginosamente, aumentando a temperatura terrestre e gerando o fenômeno conhecido como aquecimento global.

Visando atenuar a emissão dos gases estufa e suas consequências, países do mundo inteiro começaram a se reunir em convenções sobre o clima, em especial a partir da ECO 92 (Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento), onde houve o reconhecimento oficial de que o aquecimento global é fruto direto das ações humanas.

Em 1997, a partir do Protocolo de Kyoto, foi criado o crédito de carbono.

O objetivo da criação desse crédito é ter um mecanismo que possa compensar a emissão desses gases. Ao comprar um crédito de carbono, você comprova que uma tonelada dióxido de carbono (CO2) deixou de ser emitida para a atmosfera.

E como isso é feito? Através de iniciativas que visam a preservação de florestas, o manejo sustentável, a conservação da biodiversidade local e a captura do excesso de dióxido de carbono presente na atmosfera.

Quais iniciativas são beneficiadas pela compra de créditos de carbono?

Através de processos que envolvem visitas, entrevistas, conferência de documentação, investigação e avaliação técnica dos riscos, a Moss escolheu 20 dos 200 melhores projetos do Brasil, que têm como função a captura do excesso de gases estufa da atmosfera. São essas iniciativas que são financiadas através dos créditos de carbono que você vai comprar com a gente. 

A Moss está ajudando a salvar o planeta com o MCO2 Token.

Em um pouco mais de um ano, foram enviados cerca de 13 milhões de dólares para projetos que trabalham na preservação do meio ambiente. Alguns deles já foram detalhados aqui no blog como: o Projeto Agrocortex, uma das maiores iniciativas de exploração florestal sustentável do país, focado na produção madeireira a longo prazo; a Fazenda Fortaleza Ituxi, com foco no manejo sustentável para redução das emissões de dióxido de carbono; e o Amazon REED+IFM, que tem como objetivo a conservação de mais de 20 mil hectares de floresta no Amazonas.

Como posso comprar créditos de carbono?

Hoje, qualquer pessoa física ou jurídica pode comprar créditos de carbono. Esses créditos podem ser adquiridos online, de forma simples, em, no máximo, dois minutos.

Dentro do mercado de crédito de carbono, a Moss se destaca como a maior plataforma ambiental do mundo que disponibiliza esse serviço.

Em nossa plataforma digital, os créditos podem ser comprados em um mercado seguro e transparente, pois são auditados por instituições internacionais que regulam o registro dos créditos seguindo um protocolo global.

Como já falamos no parágrafo anterior, ao comprar créditos de carbono, você contribui para projetos que visam a proteção ambiental, o manejo florestal (em especial, da Floresta Amazônica) e a responsabilidade social, por meio da melhoria da qualidade de vida das pessoas da região em que o projeto está inserido. 

Se você quiser saber mais sobre crédito de carbono e como adquirir seu MCO2, é só clicar aqui para ver o passo a passo de como comprá-los.

Conte com a Moss. Nós criamos soluções inovadoras para tocar a sustentabilidade mais presente em seu dia a dia.

aquecimento global, crédito de carbono, sustentabilidade, tecnologia

What is clean energy ?

O que é energia limpa?

Saiba o que é energia limpa e como o tipo de energia que consumimos afeta o efeito estufa e o Planeta Terra

Como a produção de energia interfere no Planeta?

A poluição e o efeito estufa estão entre as principais ameaças à saúde da Terra.

Como já escrevemos aqui no blog, o aumento da emissão de gases estufa causa uma série de consequências como: a extinção de animais e plantas; o aumento da probabilidade de secas e ondas extremas de calor; o aumento do nível do mar; um maior número de ciclones com intensidade forte e o surgimento de “refugiados climáticos”, em razão de áreas habitáveis tornarem-se inabitáveis por conta de mudanças climáticas.

Dentro desse contexto, a produção energia aparece como grande “vilã” na emissão de gases causadores do efeito estufa.

Isso porque, globalmente, a nossa energia provém, majoritariamente, da queima de combustíveis fósseis como o petróleo, o xisto, o gás natural e o carvão mineral. A queima desses gases ocasiona o efeito estufa e o aumento progressivo das temperaturas médias dos oceanos e atmosferas terrestres, fenômeno conhecido como aquecimento global.

Por esta razão, é urgente substituirmos a nossa matriz energética baseada em combustíveis fósseis por fontes de energia limpa.

Qual a definição de “energia limpa”?

Quando falamos em “energia limpa” não estamos falando de uma fonte energética que cause zero impacto ambiental. Infelizmente, este “sonho” ainda não se realizou. “Energia limpa” é a fonte de energia que não lança gases poluentes (causadores do efeito estufa) na atmosfera, limitando o seu impacto ambiental ao local de produção da energia.

Quais são os tipos de energia limpa?

Existem muitos tipos de energia limpa, abaixo listamos alguns exemplos:

  • ENERGIA EÓLICA

Sua matéria-prima é o vento, que é captado através das eólias, que são hélices presas em uma turbina. A energia mecânica do vento é transformada assim em energia elétrica. 

  • ENERGIA SOLAR

Painéis solares com células voltaicas (que têm como principal componente o silício), que captam a energia do Sol transformando-a assim em energia elétrica.

  • ENERGIA MAREMOTRIZ

O movimento das ondas marítimas é captado através de hélices presas a turbinas no fundo do mar.

  • ENERGIA HIDRELÉTRICA

Essa energia é proveniente do movimento das águas de mares e rios, sejam eles causados por desníveis naturais ou artificiais.

  • ENERGIA GEOTÉRMICA

Sua matéria-prima é o calor gerado pelo magma terrestre. Esse calor faz as águas subterrâneas evaporarem e girarem lâminas ligadas a uma turbina. Essa energia mecânica é transformada em elétrica através de um gerador.

Como nós podemos contribuir para neutralizar nosso impacto ambiental?

Quando consumimos energia elétrica proveniente de matrizes energéticas poluentes, estamos poluindo o planeta e agravando o efeito estufa e o aquecimento global.

Algumas medidas como a instalação de painéis solares em residências ou a compra de carros elétricos (ao invés dos movidos a gasolina), são úteis para a melhoria desse problema, mas são caras e, por isso, pouco frequentes no Brasil.

Uma solução para quem quer neutralizar o impacto da emissão de gases estufa na atmosfera é a compra de créditos de carbono pela Moss.

O crédito de carbono é um certificado que comprova que uma tonelada de dióxido de carbono (CO2) deixou de ser emitida para a atmosfera.

Ao comprar esses créditos, você está contribuindo para projetos que visam capturar o excesso de dióxido de carbono presente na atmosfera, reduzindo assim o efeito estufa e o aquecimento global. Alguns destes projetos já foram detalhados aqui no blog como o Projeto Agrocortex, a Fazenda Fortaleza Ituxi e o Amazon REDD+IFM

Para adquirir seus créditos de carbono, é só clicar aqui. Leva menos dois minutos, além de ser um ativo perene, seguro e auditado por instituições internacionais.

Conte com a Moss. Nós criamos soluções inovadoras para tocar a sustentabilidade mais presente em seu dia a dia.

créditos de carbono, pegada de carbono, tecnologia

Aquecimento global

Os impactos do aquecimento global

Entenda as consequências do aquecimento global para vida de um planeta cada vez mais quente

Ao longo dos anos, em noticiários, escolas, faculdades e em nosso dia a dia, fala-se cada vez mais em aquecimento global. Mas o que é esse fenômeno? Quais são as suas consequências?

O aquecimento global é o aumento progressivo das temperaturas médias dos oceanos e atmosferas terrestres por todo o globo.

Ele é causado pelo efeito estufa, quando a concentração de gases estufa na atmosfera permite a passagem de raios solares e a absorção de calor. Apesar de o efeito estufa ser um fenômeno natural, ao longo dos anos, em especial, desde a Revolução Industrial, a emissão de gases estufa decorrentes da ação humana vem crescendo vertiginosamente, aumentando a temperatura terrestre e gerando o fenômeno conhecido como aquecimento global.

Apesar de o efeito estufa ter sido descrito pela primeira vez em 1859, pelo cientista John Tyndall, um debate maior sobre o aquecimento global aconteceu a partir da ECO 92 (Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento), onde houve o reconhecimento oficial de que o aquecimento global é fruto direto das ações humanas.

Com o aumento da temperatura terrestre e a decorrente mudança do clima, o equilíbrio ambiental está em risco. Como exemplo, podemos citar a mudança de temperatura dos oceanos com o derretimento das calotas polares, que ameaça espécies marinhas.

Não obstante, a própria espécie humana está em risco. Como o derretimento das geleiras também altera o nível do mar, territórios que hoje são ocupados por milhões de pessoas tornam-se inabitáveis (estima-se um impacto em 10,4 milhões de pessoas, no melhor cenário, até 2100). Com a migração forçada para outros territórios, teremos o surgimento dos refugiados climáticos.

Quem são os refugiados climáticos?

Esse é o nome usado para descrever pessoas que foram obrigadas a sair de seus territórios em razão das mudanças climáticas. O fenômeno dos refugiados climáticos também acontecerá em razão de outras consequências desse aquecimento como: o aumento das secas e das ondas de calor e um maior número de fenômenos naturais altamente destrutivos como ciclones, furacões e inundações.

Como controlar o aquecimento global?

Para redução do aquecimento global, devemos reduzir nossas emissões de gases estufa, isto é, reduzir nossa pegada de carbono.

Aqui no blog já escrevemos algumas ações individuais, do nosso dia a dia que podem ajudar nessa missão como:

  • Substituir o carro movido a gasolina por bicicleta ou transporte coletivo;
  • Diminuir o consumo de carne; utilizar sacolas retornáveis;
  • Não consumir alimentos processados (como batatas chips e refrigerantes);
  • Dar preferência a produtos cultivados localmente ou fazer sua própria horta orgânica;
  • Evitar o consumo em excesso, de forma geral: não desperdiçar alimentos, não comprar roupas novas que não vão ser utilizadas com frequência;
  • Dar preferência a produtos reciclados.

Uma outra opção para reduzir e até neutralizar totalmente a sua pegada de carbono, é a compra de créditos de carbono pela Moss, que os transformou em um Token perene e monetizado. O crédito de carbono é um certificado que comprova que uma tonelada de dióxido de carbono (CO2) deixou de ser emitida para a atmosfera. 

Ao comprar o MCO2 Token, você está contribuindo para a preservação do meio ambiente, através de projetos que visam capturar o excesso de dióxido de carbono presente na atmosfera, reduzindo assim o efeito estufa e neutralizando a sua pegada de carbono. 

Alguns destes projetos já foram detalhados aqui no blog como o Projeto Agrocortex, a Fazenda Fortaleza Ituxi e o Amazon REED+IFM

Para adquirir seus créditos de carbono, é só clicar aqui. Em minutos você adquire um ativo digital verde, seguro e auditado por instituições internacionais. 

A mudança que pode salvar o planeta está em nossas mãos, todos os dias. Neutralizando nossa pegada de carbono, reduzimos os impactos do aquecimento global e construímos juntos um mundo melhor.

aquecimento global, crédito de carbono, moss, sustentabilidade

Afinal de contas: o que é pegada de carbono?

Descubra como a sua pegada de carbono, ou seja, seus hábitos e atitudes impactam o nosso planeta.

Como você vai para o seu trabalho? Do que você se alimenta? Que tipo de roupa você usa? Qual meio de transporte você usa para viagens mais longas? Todas essas questões compõem o nosso dia a dia e mostram nossos hábitos, e são justamente elas que resultam em nossa pegada carbono (carbon footprint, em inglês).

Entendendo o termo “pegada de carbono”

A pegada de carbono é uma metodologia criada para medir as emissões de gases estufa na atmosfera (independente do gás emitido, ele é convertido em carbono equivalente).

Essas emissões são provenientes de produtos, serviços ou processos ao longo de todo seu ciclo de vida. A queima de combustíveis fósseis, a criação de gado em pastagem, o desmatamento e a fabricação de sacolas plásticas são exemplos de atividades onde há emissão desses gases estufa.

Criada pelos pesquisadores William Rees e Mathis Wackernagel na década de 1990, a pegada de carbono é um indicador crucial para salvarmos o planeta de um colapso ambiental.

Os gases estufa se acumulam na atmosfera e causam profundas mudanças climáticas, logo, quanto maior a sua pegada de carbono, mais ela afeta negativamente a saúde do planeta.

É importante frisar que o conceito de pegada de carbono não está ligado apenas a grandes empresas ou a grandes indústrias.

Cada indivíduo deixa sua própria pegada no planeta. Ao usar um carro movido a gasolina, você deixa sua pegada de carbono, que vai desde o processo de produção e transporte daquele automóvel, até a queima de combustível fóssil que faz o carro funcionar, às atitudes mais simples como comer um prato de arroz ou um pedaço de carne deixam suas marcas, pois até esses alimentos chegarem ao seu prato, eles passam por processos que emitem gases de efeito estufa.

Saiba como reduzir a sua pegada de carbono

A mudança de hábitos é fundamental para a redução da pegada de carbono.

Algumas atitudes que ajudam nessa redução são:

  • Substituir o carro movido a gasolina por bicicleta ou transporte coletivo;
  • Diminuir o consumo de carne;
  • Utilizar sacolas retornáveis;
  • Não consumir alimentos processados (como batatas chips e refrigerantes);
  • Dar preferência a produtos cultivados localmente ou fazer sua própria horta orgânica;
  • Evitar o consumo em excesso, de forma geral: não desperdiçar alimentos, não comprar roupas novas que não serão utilizadas com frequência;
  • Dar preferência a produtos reciclados.

Quer saber como calcular a sua pegada de carbono? Hoje existem diversas calculadoras digitais que dão esse resultado baseado em perguntas do seu dia a dia como: que meio de transporte você usa para ir ao trabalho? Qual o seu consumo mensal de fast food? Quantas horas por dia você utiliza o seu computador?

Nós temos a nossa própria calculadora e você pode acessar aqui.

Mais do que reduzir, na Moss você pode zerar a sua pegada de carbono

Uma outra opção para reduzir e, até neutralizar totalmente a sua pegada de carbono, é a compra de créditos de carbono pela Moss. O crédito de carbono é um certificado que comprova que uma tonelada de dióxido de carbono (CO2) deixou de ser emitida para a atmosfera.

Ao comprar esses créditos, você está contribuindo para a preservação do meio ambiente, através de projetos que visam capturar o excesso de dióxido de carbono presente na atmosfera, reduzindo assim o efeito estufa, neutralizando a sua pegada de carbono.

Alguns destes projetos já foram detalhados aqui no blog como o Projeto Agrocortex, a Fazenda Fortaleza Ituxi e o Amazon REED+IFM.

Para adquirir seus créditos de carbono, é só clicar aqui. Leva menos de dois minutos, além de ser um ativo perene, seguro e auditado por instituições internacionais, que regulam o mercado de crédito de carbono.

Os impactos negativos causados pelo aumento do desmatamento da Amazônia é algo que precisa ser falado constantemente entre a sociedade.

A mudança que pode salvar o planeta está em nossas mãos, todos os dias. Neutralizando nossa pegada de carbono, daremos um mundo melhor para nós mesmos, para o meio ambiente e nossos filhos e as próximas gerações.

créditos de carbono, pegada de carbono, sustentabilidade