Aumento do desmatamento na Amazônia

De agosto de 2019 até 31 de julho de 2020, 9205km² de área de floresta foram desmatadas na Amazônia. 

O desmatamento na Amazônia vem aumentando exponencialmente nos últimos anos. Apesar da criação de institutos e projetos que visam proteger a floresta, como o projeto da fazenda Ituxi, infelizmente, o número de áreas desmatadas não para de crescer.  

A floresta Amazônica é reconhecida como um repositório de serviços ecológicos, tanto para a comunidade local e os povos indígenas da região quanto para o restante do mundo. Ela representa um terço das florestas tropicais do mundo e desempenha um papel imprescindível na manutenção da qualidade do solo, estoques de água doce e proteção da fauna e flora do local. 

Além disso, os processos que ocorrem na floresta, como evaporação e transpiração, ajudam a manter o equilíbrio climático de várias regiões do país. Porém, à medida que a Amazônia é desmatada, o aquecimento global é intensificado e todos os processos existentes na floresta são prejudicados.

A importância da floresta Amazônica 

Você sabe qual a importância da região Amazônica para todo ecossistema? Essa região contém mais da metade da biodiversidade do planeta e tem um papel preponderante no uso dos seus recursos hídricos. Só a região concentra 20% da água doce do planeta que é utilizada para fornecimento de água potável, navegabilidade e aproveitamento energético. 

O Brasil, tem a segunda maior área florestal do mundo, ficando apenas atrás da Rússia. São 500 milhões de hectares, praticamente duas Índias ou Argentinas só de florestas.

Além disso, por abrigar mais da metade da biodiversidade do planeta, as plantas e animais da região servem como base para a fabricação de medicamentos e insumos que podem salvar milhares de vidas por todo o mundo. Os pesquisadores acreditam que menos de 0,5% das espécies da flora foram detalhadamente estudadas quanto ao seu potencial medicinal. Contudo, com o avanço rápido do desmatamento, corre-se o risco de plantas e animais serem extintos antes mesmo de serem estudados, eliminando uma fonte importante para o desenvolvimento da biotecnologia. 

A Amazônia também contribui economicamente com a vida de 400 mil famílias que vivem do extrativismo. Ou seja, a extração de produtos não-madeireiros, como óleos, resinas, ervas e frutos. Essa extração, racionalmente utilizada, não prejudica os recursos florestais e traz benefícios econômicos à população local, melhorando sua qualidade de vida e fixando a população no campo. 

A região tem o maior estoque de carbono do mundo. A quantidade é tão grande que olhando os 10 países que mais produzem créditos de carbono, o Brasil sozinho teria produção maior que a soma do 4° ao 10°. Ainda que nem todo o estoque brasileiro seja “certificavel”, levando em consideração o valor de cada crédito de carbono atual, de US$ 30, o Brasil teria um tesouro de US$ 1.5 trilhões. 

O avanço do desmatamento na Amazônia 

Em 2019, o desmatamento na Amazônia aumentou 34% em comparação ao ano anterior. Em abril de 2020, os estados que mais perderam mata, foram: Pará (32%), Mato Grosso (26%), Rondônia (19%), Amazonas (18%), Roraima (4%) e Acre (1%).  

Além disso, o desmatamento aumentou 90% em regiões de terras indígenas junto com a descrença que haveria multas e punições, para quem praticasse o ato. Um dos grandes motivos do desmatamento deve-se às declarações do Presidente e Ministro do Meio Ambiente, que flexibilizam e diminuem a gravidade do que tem acontecido na região. 

O desmatamento na Amazônia é uma preocupação para o Brasil e o mundo. Afinal, essa ação leva a alterações significativas para o funcionamento do ecossistema como um todo. Além do desmatamento, as queimadas também preocupam os protetores da região. Pelos cálculos dos pesquisadores do IPAM, se o ritmo acelerado de desmatamento se mantiver, quase 9 mil quilômetros quadrados de floresta podem virar cinzas. 

O papel da floresta no ecossistema

A floresta desempenha um papel-chave na redução de níveis de poluição. Em condições naturais, as árvores retiram CO2 da atmosfera e o absorvem para realizar a fotossíntese. Desse processo, as plantas obtêm oxigênio, que é liberado no ar, e o carbono fica armazenado internamente para manter o crescimento da planta. Devido a esse processo, atualmente, a Amazônia armazena em suas florestas o equivalente a uma década de emissões globais de carbono.

Mas, com o desmatamento e a queimada das florestas, cerca de 200 milhões de toneladas de carbono são liberadas por ano na atmosfera, cerca de 2,2% do fluxo total do globo. Para piorar toda a situação, onde existiam florestas tropicais e úmidas, passa a ter pastagens para a criação de gados. 

Esse tipo de produção também libera CO2 na atmosfera, aumentando ainda mais os níveis de poluição. Essa mudança não traz benefícios ambientais e nem econômicos. O retorno econômico da pecuária extensiva na Amazônia é de apenas 4% se comparado com a exploração madeireira de manejo sustentável, que possui desempenho de 71%. 

A mudança dessa realidade 

Portanto, para uma mudança efetiva dessa realidade, é importante e necessário que os órgãos governamentais intensifiquem a fiscalização e que o Executivo crie leis com punições mais severas quanto aos desmatamentos e às queimadas na região. Mas, enquanto isso não acontece, é possível que o cidadão contribua para diminuir os impactos negativos dessas práticas. 

Há diversos projetos sendo desenvolvidos na Amazônia, com a finalidade de manter a floresta de pé e diminuir o número de desmatamento. Essas ações impactam positivamente a parte ambiental, social e econômica da região e são financiadas por meio da venda de créditos de carbono.

Os créditos de carbono são certificados digitais que representam quanto de dióxido de carbono (CO2) uma empresa deixou de lançar na atmosfera ou o quanto de sua emissão foi evitada por meio de projetos sociais. Assim, ao comprar um crédito de carbono, você evita que 1 tonelada de gás carbônico seja gerada, contribuindo para a manutenção da floresta.

aquecimento global, créditos de carbono, pegada de carbono, stock car

Carbon neutral e carbon friendly

Entenda os selos carbon neutral e carbon friendly

Saiba o que você precisa para garantir um dos selos carbon neutral ou carbon friendly para a sua empresa A NECESSIDADE DA COMPENSAÇÃO DE CARBONO

Em razão das graves consequências sociais e ambientais do aquecimento global, cada vez mais, buscam-se alternativas para compensarmos nossas emissões de dióxido de carbono (CO²) e, consequentemente, desacelerarmos o processo de aquecimento do planeta.

Dentro desse contexto, o crédito de carbono surgiu como alternativa a partir do Protocolo de Kyoto, em 1997. Estes créditos são provenientes de projetos de conservação ambiental que visam capturar dióxido de carbono da atmosfera. A cada crédito de carbono adquirido, uma tonelada de carbono equivalente deixa de ser emitida.

A NEUTRALIZAÇÃO DE CARBONO

Com o passar dos anos e o aumento da conscientização ambiental e do número de acordos internacionais visando a redução das emissões de gases estufa (como o Acordo de Paris, em 2015), diversas empresas e eventos buscam a neutralização de suas emissões, isto é, buscam que suas atividades, de forma total ou parcial, não causem emissões ao meio ambiente, e uma dessas atitudes é a compra de créditos de carbono.

O QUE SÃO OS SELOS CARBON NEUTRAL E CARBON FRIENDLY?

Uma empresa recebe o selo carbon neutral quando compensa integralmente todas as suas emissões de carbono. Quando essa compensação é parcial, a empresa recebe o selo carbon friendly.

COMO A MOSS PODE ME AJUDAR A COMPENSAR AS EMISSÕES DA SUA EMPRESA

Se você quer compensar as emissões de carbono da sua empresa, nós podemos te ajudar a agir. A MOSS fornece soluções e recomendações sobre onde e como minimizar seu impacto com a  da compra de créditos de carbono.

Com nossa calculadora, você irá saber a pegada de carbono de sua empresa e pode  impactar positivamente o meio ambiente ao compensar suas emissões de carbono. Diversas empesas e eventos já receberam nossos selos carbon neutral ou carbon friendly, como: Bionexo, Rally dos Sertões, Brainvest, CryptoWeek e Call Me Layla. Acesse o nosso site e calcule a pegada de carbono de sua empresa.

O MCO2 Token, nosso crédito de carbono, tem origem em projetos de conservação florestal que podem neutralizar toneladas de dióxido de carbono. Alguns desses projetos já foram detalhados aqui no blog como: o Projeto Agrocortex, uma das maiores iniciativas de exploração florestal sustentável do país, focado na produção madeireira a longo prazo; a Fazenda Fortaleza Ituxi, com foco no manejo sustentável para redução das emissões de dióxido de carbono; e o Amazon REED+IFM, que tem como objetivo a conservação de mais de 20 mil hectares de floresta no Amazonas.

Se você quiser neutralizar as emissões de gases estufa (GEE) de sua empresa ou evento, é só clicar aqui. Compense suas emissões com a maior plataforma ambiental de crédito de carbono do mundo!

POSSO COMPENSAR TAMBÉM AS MINHAS EMISSÕES PESSOAIS?

Sim! Com a MOSS, também é possível compensar as suas emissões pessoais de carbono. Para te ajudar a calcular as suas emissões, a MOSS criou uma calculadora digital. Nela você irá responder a perguntas sobre hábitos do seu dia a dia como: “Em média, quanto você gasta com gás por mês?”, “Quantas peças de roupa você comprou em 2020?”, “Quais meios de transporte você costuma utilizar no seu dia a dia?”, “Quantos voos de até 3 horas você realizou ano passado?”.

Após responder a essas rápidas perguntas, em apenas três minutos, você saberá quantas toneladas de dióxido de carbono (CO²) você emitiu ano passado e poderá compensar suas emissões conosco.

Essa compensação ocorre através da aquisição do MCO2 Token, nosso crédito de carbono. Para comprar o seu, é só clicar aqui. Leva menos dois minutos e é um ativo perene, seguro e auditado por instituições internacionais, que regulam o mercado de crédito de carbono.

aquecimento global, blockchain, carbon credit, comprar crédito de carbono, comprar créditos de carbono, crédito de carbono, créditos de carbono, MCO2 token, moss, sustentabilidade, tecnologia, tokenização

Gol e Moss

GOL e MOSS: fique por dentro dessa parceria

Agora você pode compensar as emissões de carbono de seus voos com a GOL, a maior companhia aérea do Brasil

No último dia 05 de junho, a GOL, maior companhia aérea do Brasil juntou-se à MOSS, a maior plataforma ambiental de crédito de carbono do mundo, para oferecer aos seus clientes uma iniciativa pioneira na América Latina: pela primeira vez no continente, qualquer pessoa que voar com a GOL terá a oportunidade de compensar suas emissões de gases de efeito estufa com o o MCO2 Token, o crédito de carbono da MOSS.

COMO VAI FUNCIONAR A COMPENSAÇÃO DE PEGADA DE CARBONO DE VIAGENS NA GOL

Após efetuada a compra da passagem, o cliente receberá um e-mail da companhia aérea com o cálculo da emissão do trecho selecionado e com orientações sobre a compensação dessa pegada de carbono. 

O passageiro que aderir será direcionado ao site da MOSS e fará a compra do número de MCO2 necessários para compensação. Depois, um certificado digital, com todos os detalhes de como e onde as emissões estão sendo compensadas será gerado e enviado para o cliente.

Cada MCO2 Token equivale a uma tonelada de carbono que deixou de ser emitida para a atmosfera. Isso porque nossos créditos de carbono têm origem em projetos de conservação florestal que podem neutralizar toneladas de dióxido de carbono. Para conhecer mais sobre esses projetos é só clicar aqui.

Para Eduardo Bernardes, vice-presidente comercial, de marketing e de clientes da GOL, “a parceria com a MOSS para a compensação individual de carbono pelos clientes estabelece um novo capítulo no mercado nacional da aviação. É um lançamento muito significativo que coloca a companhia à frente das questões relacionadas à preservação ambiental no setor”.

Para Luis Felipe Adaime, fundador e CEO da MOSS, a parceria é importante para a plataforma ambiental conseguir alcançar cada vez mais pessoas e mais projetos sustentáveis pelo país. “Desde que criamos a MOSS, há um ano, já destinamos mais de US$13 milhões para projetos de conservação da Floresta Amazônica. Nossa parceria com a GOL nos ajudará a alcançar cada vez mais pessoas e ampliar nossa atuação junto aos projetos de preservação do meio ambiente”, diz.

A AVIAÇÃO E AS EMISSÕES DE GASES DE ESTUFA

Mesmo sendo uma atividade esporádica e rara para grande parte da população mundial, somente em 2018, segundo a ICCT (International Council on Clean Transportation), a aviação comercial foi responsável por emitir 918 milhões de toneladas de carbono para a atmosfera sendo responsável por 2,4% das emissões globais (saiba mais, aqui no blog). Por esta razão a GOL vem, cada vez mais, investindo em ações que reduzam suas emissões, até chegar ao patamar zero de carbono em 2050, compromisso estabelecido de forma pioneira pela companhia na América Latina.

Além da compensação individual de carbono feita por parte dos passageiros, outras ações desenvolvidas pela companhia para redução da pegada de carbono são o desenvolvimento de biocombustíveis, a busca de ganhos de eficiência em suas operações; melhores práticas de planejamento e execução de voos; e renovação de frota constante por aeronaves mais eficientes.

Em breve, MOSS e  GOL vão lançar uma outra opção de projeto ambiental para destinar a compensação dos seus créditos de carbono, além dos já existentes focados na preservação da Floresta Amazônica. Trata-se de um projeto de reflorestamento, apoiado pela GOL, que visa a produção de biocombustíveis e também concederá ao cliente o mesmo certificado digital já disponível hoje. A  transação também acontecerá através da plataforma da MOSS.

POSSO ADQUIRIR MEUS CRÉDITOS DE CARBONO SEM VOAR PELA GOL?

Hoje qualquer pessoa física ou jurídica pode adquirir o MCO2 Token, o crédito de carbono da MOSS, tendo voado ou não pela GOL. Se você quiser saber mais sobre crédito de carbono e como adquirir seu MCO2, é só clicar aqui para ver o passo a passo de como comprá-los. Não perca tempo e venha fazer parte da maior plataforma ambiental do planeta!

aquecimento global, bitcoin, comprar crédito de carbono, comprar créditos de carbono, crédito de carbono, MCO2 token, meio ambiente, moss, pegada de carbono, sustentabilidade, tokenização

Confiabilidade

Confiabilidade: as certificações da MOSS

Conheça as empresas que certificam nossos negócios

Transparência, segurança e confiabilidade são fundamentais para o nosso negócio, por isso, a MOSS foi certificada pelas melhores auditorias do mundo.

DELLOITE

Fundada em 1845, em Londres, a Delloite é, hoje, uma das maiores e mais tradicionais auditorias e consultorias empresariais do mundo. Possuindo mais de 700 escritórios espalhados por todo o planeta, a Delloite, junto com a PricewaterhouseCoopers (PwC), a KPMG e a Ernst & Young (EY), faz parte do chamado “Big Four Accounting Firms”, que são as quatro empresas líderes globais em serviços de auditoria. Visando sempre dar confiança para nossos clientes, a MOSS hoje, é auditada tributariamente pela Delloite, o que torna nossas contas ainda mais seguras e confiáveis para nossos clientes.

BLOCKCHAIN E CERTIK

Nossas carteiras digitais estão em tecnologia blockchain, dando mais segurança aos seus créditos. O blockchain é, hoje, uma das formas mais confiáveis de segurança de dados existente, sendo a tecnologia pioneira e fundamental para a existência do mercado de criptoativos. Se quiser conhecer mais sobre esse assunto, é só clicar aqui e ler o artigo completo em nosso blog.

Recentemente, a segurança de nosso MCO2 Token, o crédito carbono da MOSS, foi auditada pela Certik, empresa especializada em segurança blockchain. A Certik foi pioneira no uso do processo de verificação formal em contratos inteligentes e blockchains. Isso significa que nosso token agora é comprovadamente seguro e livre de vulnerabilidades.

EY – ERNST & YOUNG

Como falamos anteriormente, a Ernst & Young é uma das maiores empresas de auditoria do mundo, formando junto com a Delloite, PricewaterhouseCoopers (PwC) e a KPMG o grupo conhecido como “Big Four Accounting Firms”. Por esta razão, a geração dos nossos créditos de carbono é auditada pela EY, certificando aos nossos clientes e parceiros a integridade e transparência do nosso MCO2 Token.

Através da EY, conseguimos o selo ISAE 3000, que é emitido pela Federação Internacional de Contadores (IFAC). O padrão ISAE 3000 consiste em diretrizes para o comportamento ético, gerenciamento da qualidade e desempenho do trabalho, servindo como uma diretriz internacional para auditorias.

SISTEMA B

Criado em 2006, nos Estados Unidos, o Sistema B é um movimento global que certifica empresas que criam produtos e serviços voltados para resolver problemas socioambientais. Recentemente recebemos o status pendente B Corp, um status especial para novos negócios. Isso nos coloca no caminho para a certificação B Corp, que é “o mais alto padrão para empresas socialmente responsáveis”.

CELO ALLIANCE FOR PROSPERITY

Com o slogan “Money can be beautiful” (“Dinheiro pode ser bonito”), a Celo Alliance for Prosperity é um ecossistema de organizações que têm o objetivo de promover o impacto social e a inclusão financeira por meio do uso da tecnologia blockchain, e, desde janeiro, a MOSS faz parte desse grupo.

CONFIANÇA DO MERCADO: JÁ COMPENSAMOS EMISSÕES DE EMPRESAS GIGANTES E ESTAMOS NAS MAIORES EXCHANGES DO MUNDO

Em menos de um ano, estabelecemos parcerias com diversas empresas, brasileiras e estrangeiras, para zerar suas emissões de carbono. Dentre elas, podemos citar: Bionexo, Rally dos Sertões e Brainvest.

Para ficar ainda mais fácil comprar adquirir seu MCO2 Token, estamos em duas das maiores exchanges do mundo: a sul-coreana, ProBit, e, a brasileira, Mercado Bitcoin, maior plataforma de criptomoedas e ativos digitais da América Latina.

FAÇA PARTE DA MAIOR PLATAFORMA AMBIENTAL DO MUNDO!

Todas essas certificações têm como objetivo dar confiança e transparência para nossos negócios. Não à toa, em um ano, a MOSS se tornou líder global no mercado de crédito de carbono, tornando-se a maior plataforma ambiental do mundo.

Com a geração do  MCO2 Token, o primeiro ativo digital verde do mundo, mais de 13 milhões de dólares foram enviados para a preservação de 780 mil árvores na Floresta Amazônica.

Se você quiser saber mais sobre crédito de carbono e como adquirir seu MCO2 é só clicar aqui para ver o passo a passo de como comprá-los. Não perca tempo e venha fazer parte da maior plataforma ambiental do planeta!

amazonia, aquecimento global, comprar crédito de carbono, comprar créditos de carbono, efeito estufa, MCO2 token, moss, pegada de carbono, preservação, sustentabilidade, tecnologia

Pegada de Carbono

Pegada de carbono: o impacto dos seus voos

Entenda os impactos gerados por viagens aéreas na atmosfera 

PEGADA DE CARBONO: O NOSSO IMPACTO NO PLANETA TERRA

Cada ação que fazemos é responsável pela emissão de dióxido de carbono (CO²) e outros gases de efeito estufa na atmosfera. Essa emissão pode ser direta quando, por exemplo, usamos um veículo que funciona com um combustível fóssil; ou indireta, quando usamos uma sacola plástica no supermercado, pois a fabricação de cinco dessas sacolas emite 1 kg de carbono equivalente na atmosfera. A soma dessas ações forma nossa pegada de carbono, que mostra o quanto nós emitimos de gases de efeito estufa e o quanto somos responsáveis pelo aquecimento global.

VOAR TAMBÉM DEIXA PEGADAS

Viagens de avião  também deixam pegadas, pois os aviões, em razão do grande uso de combustíveis fósseis, emitem muitos gases de efeito estufa para a atmosfera. 

Em 2018, segundo a ICCT (International Council on Clean Transportation), a aviação comercial foi responsável por emitir 918 milhões de toneladas de carbono para a atmosfera, sendo responsável por 2,4% das emissões globais, mesmo sendo uma atividade esporádica e rara para grande parte da população mundial. Entre 2013 e 2018, o aumento nas emissões em toda a indústria da aviação foi de 32%, o que significa que a situação atual é bastante preocupante.

OLHANDO PARA O FUTURO: COMO AS COMPANHIAS AÉREAS PODEM REDUZIR SUAS EMISSÕES

Visando melhorar o atual quadro, a ICAO (Organização da Aviação Civil Internacional), agência especializada da ONU (Organização das Nações Unidas), responsável pela promoção do desenvolvimento seguro e ordenado da aviação civil mundial, colocou como meta a redução das emissões de carbono em 2050 para a metade do que era emitido em 2005. Para isso ser possível, algumas ações que poderão ajudar nessa redução são:

  • AVIÕES MAIS LEVES

Quanto mais pesado o avião, mais combustível ele precisa utilizar, por isso a busca por modelos mais leves é melhor para o meio ambiente. Se todas as peças do avião, incluindo assentos, tapetes, a aeronave precisa de menos de combustível. 

  • BIOCOMBUSTÍVEIS

A troca dos combustíveis fósseis por biocombustíveis também ajuda a tornar nossas viagens mais sustentáveis, afinal de contas, são esses combustíveis os grandes “vilões” das emissões em nossas viagens aéreas.

  • MOTORES HÍBRIDOS

A possibilidade de substituição dos motores tradicionais por modelos híbridos ou elétricos, também apoia a redução do consumo de combustíveis fósseis, o que diminui  significativamente o total de emissões de gases estufa.

  • COMPENSAÇÃO ATRAVÉS DE CRÉDITOS DE CARBONO

Uma das alternativas para zerar as emissões de carbono, além das mudanças anteriores, é compensar suas emissões através da compra de créditos de carbono, pois cada crédito adquirido significará que uma tonelada de carbono equivalente deixará de ser emitida para a atmosfera terrestre.

COMO POSSO COMPENSAR AS MINHAS EMISSÕES DE CARBONO E COMO A MOSS PODE ME AJUDAR?

Como falamos anteriormente, a compra de créditos de carbono é uma das soluções para compensar as emissões de dióxido de carbono e, neste setor, a MOSS se destaca como líder global.

Ao comprar um MCO2 Token, o crédito de carbono vendido pela MOSS, você pode garantir  que uma tonelada de carbono equivalente deixe de ser emitida para atmosfera, pois esses créditos têm origem em projetos de conservação florestal que podem neutralizar toneladas de dióxido de carbono. Para conhecer mais sobre esses projetos é só clicar aqui.

Não perca tempo e adquira seus créditos em nossa plataforma. É um ativo seguro, perene e que pode ser adquirido por qualquer pessoa física e jurídica em menos de dois minutos. Clique aqui para comprar seus créditos e comece a compensar as emissões de suas viagens aéreas!

aquecimento global, comprar crédito de carbono, crédito de carbono, créditos de carbono, efeito estufa, mco2, MCO2 token, meio ambiente, moss, pegada de carbono, tecnologia, tokenização

A segurança do blockchain

A segurança da tecnologia blockchain

Entenda como funciona a tecnologia que está mudando o mundo dos negócios

O QUE É A TECNOLOGIA BLOCKCHAIN?

Blockchain é um sistema, em formato de cadeia de blocos, que permite a validação e verificação de uma informação. Comparando com o mundo físico, seria como um livro contábil, só que mais seguro, digital, transparente e descentralizado.

QUANDO SURGIU O BLOCKCHAIN?

A definição foi criada em 2008, em artigo de Satoshi Nakamoto (pseudônimo do criador do bitcoin). Essa tecnologia tornou a transação de criptomoedas possível. Posteriormente, a mesma tecnologia foi empregada em outros cripto ativos e, hoje, pode ser usada para validar e armazenar qualquer tipo de informação em rede. Aqui explicaremos, de forma mais básica e didática, o funcionamento dessa tecnologia. 

O artigo completo, em inglês, pode ser acessado aqui.

BLOCKCHAIN E BITCOIN SÃO AS MESMA COISA?

Não. Bitcoin é a criptomoeda e o blockchain é a tecnologia que garante a segurança e verificação das transações feitas com bitcoin, mas também com outros cripto ativos. A confusão é normal, pois a tecnologia foi implantada para permitir que as transações em bitcoin fossem possíveis.

COMO O SISTEMA BLOCKCHAIN FUNCIONA?

Imaginemos que você adquira o MCO2 Token e resolva vendê-lo em uma exchange como, por exemplo, o Mercado Bitcoin. Essa transação será representada por um bloco, que estará diretamente ligada a muitos outros blocos (que representam outras transações). Cada bloco contém informações, como data e hora da transação, e ganha um hash, que funciona como uma impressão digital.

Além das suas informações individuais, cada bloco está ligado ao bloco anterior, que possui um hash próprio, formando assim essa cadeia de blocos. Isso faz com que, na prática, nenhum bloco possa ser acessado individualmente, já que eles estão em cadeia e, qualquer alteração, nessa sequência, pode ser facilmente notada e defendida pelo sistema.

Outro ponto que torna a rede segura é o fato de ela ser totalmente descentralizada. Ao contrário de redes fechadas em uma organização ou em um governo central, a blockchain é uma rede descentralizada, onde cada minerador (pessoas que trabalham para manter essa cadeia de informações segura) tem uma cópia de toda a cadeia de informações. 

Uma invasão hacker ou ação de algum governo tirano são ineficazes contra a tecnologia, pois ela teria que ser feita em, pelo menos, mais de 50% da rede, que, como dissemos, é descentralizada. Qualquer novo bloco que é adicionado à rede, passa pelo processo de validação dos mineradores, que, por maioria simples, validam (ou não) a informação.

Daria para comparar a um livro contábil, porém tecnológico, gigantesco e transparente para o mundo todo. Isso também não significa que todo mundo vai poder ver os dados de sua transação. O que fica transparente são as verificações que o validaram, com informações como data e hora; dados pessoais, como o endereço de alguém, não aparecem. Os blocos verificados também são criptografados, o que os torna invioláveis. Não podem ser corrompidos, alterados ou apagados.

Por essas razões, a tecnologia blockchain vem sendo usada em cada vez mais negócios, além do bitcoin. É essa tecnologia que permite a segurança das transações de diversos cripto ativos no mundo inteiro, inclusive do MCO2 Token, o crédito de carbono vendido pela MOSS.

Recentemente, a segurança de nosso MCO2 Token foi auditada pela Certik, empresa especializada em segurança blockchain. A Certik foi pioneira no uso do processo de verificação formal em contratos inteligentes e blockchains. Isso significa que nosso token agora é comprovadamente seguro e livre de vulnerabilidades.

Se você quiser ajudar a salvar a Amazônia e ainda comprar um ativo perene e seguro com a tecnologia blockchain, é só adquirir o MCO2 Token, o crédito de carbono da MOSS. Se quiser ler mais sobre como adquirir esse ativo é só clicar aqui.

bitcoin, blockchain, carbon credit, comprar crédito de carbono, comprar créditos de carbono, crédito de carbono, criptomoedas, MCO2 token, moss, tech, tecnologia, tokenização

DEXTF

Green BTC: o primeiro bitcoin verde está aqui

MOSS, Dexprotocol e Wrappedfi apresentam o primeiro bitcoin bitcoin verde

A pegada de carbono do Bitcoin preocupa os investidores em cripto e é uma crítica recorrente na mídia. Isso porque a rede Bitcoin, como a maioria das coisas úteis na sociedade, consome energia. Embora uma parte significativa e crescente da energia necessária venha de fontes renováveis, parte dela vem de fontes emissoras de carbono.

A boa notícia é que agora é muito fácil compensar essa pegada de carbono usando a própria tecnologia blockchain. O que podemos fazer sobre isso hoje?

Apresentando o DEXTF Green BTC Token:

Um ativo descentralizado lançado via protocolo DEXTF que usa compensação de carbono. A maior parte do capital do ativo será mantida em WBTC, um token de bitcoin emitido por Wrapped.com, e uma pequena parte será usada para comprar MCO2, um token criado pela moss.earth, que representa reduções certificadas nas emissões de gases de efeito estufa.

Se você está preocupado com seus investimentos em Bitcoin por razões ambientais, esse produto é para você. DEXTF é uma infraestrutura de gerenciamento de ativos digitais em blockchain que permite a qualquer pessoa criar, cunhar e resgatar portfólios tokenizados (tokens XTF). Atualmente, DEXTF oferece suporte a mais de 70 tokens.

Como você sabe, a MOSS é a maior plataforma ambiental do mundo. Nossa missão é combater as mudanças climáticas e preservar o planeta. Os créditos de carbono da MOSS são totalmente tokenizados (codificados em blockchain), levando à mais alta segurança possível. Usamos IA, blockchain e tecnologia de ponta. A MOSS é um agente global no maior registro de crédito de carbono e auditou seu processo com as melhores empresas. Podemos servir e fornecer compensações de carbono para qualquer pessoa, desde as maiores empresas do mundo até o nível individual!

Estamos criando um bitcoin ETF verde junto com a One River Asset Management

O MCO2 é a solução para a pegada de carbono da criptografia. Nesta segunda-feira, fomos mencionados no CoinDesk, o maior site de notícias de criptomoedas do mundo. O artigo destaca o preenchimento de um pedido da One River Digital Asset Management junto à Securities and Exchange Commission (SEC) dos Estados Unidos para a criação de um fundo negociado em bolsa de bitcoin (ETF) que será neutro em carbono.

Para atingir esse objetivo, a One River fez parceria com a MOSS para usar tokens MCO2. No processo da SEC, o One River Carbon Neutral Bitcoin Trust seria listado na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) e os créditos de carbono seriam usados ​​para compensar as emissões associadas ao bitcoin no fundo.

Sobre One River

One River Asset Management é uma gestora de investimento inovadora dedicada a fornecer estratégias de retorno absoluto de alta convicção que ajudam os clientes a construir carteiras superiores. Vemos o mundo em um período de grande transição econômica, política e política, com o cenário de investimentos mudando de uma forma que fará com que a próxima década pareça profundamente diferente da última década. 

Nossas estratégias são construídas para lucrar com este ambiente dinâmico, ao mesmo tempo em que fornecem fortes benefícios de diversificação para carteiras de investimento tradicionais. Cada um é desenvolvido e gerenciado por nossa equipe diversificada de profissionais de investimento com profunda experiência em volatilidade, macro, inflação, ativos digitais e negociação / investimento sistemático.

A empresa administra ativos de algumas das instituições mais prestigiadas do mundo. Nossas estratégias são oferecidas a taxas razoáveis ​​por meio de fundos combinados de Cayman e podem ser entregues em combinações sob medida para grandes investidores por meio de veículos de fundo de um, contas administradas, swaps ou estruturas compatíveis com UCITS.

Sobre a Wrapped 

A Wrapped permite que os investidores usem seus ativos digitais para emprestar, tomar emprestado e negociar em todas as principais plataformas de defi. Cada ativo embalado é totalmente garantido e mantido com um custodiante qualificado. Saiba mais visitando http://wrapped.com.

A Wrapped também criou um Eco BTC na rede Cielo.

Hoje, a Wrapped anunciou o Eco BTC (eBTC), o primeiro ativo com base em Bitcoin neutro em carbono do mundo. Investidores com consciência ecológica agora podem obter exposição ao Bitcoin ao mesmo tempo em que tratam de suas preocupações sobre a pegada de carbono do Bitcoin.

eBTC combina Bitcoin e moss.earth Carbon Credits (MCO2) em um único ativo digital. Os usuários do eBTC podem fazer transações usando um ativo 1: 1 com Bitcoin, ao mesmo tempo que recebem os seguintes benefícios:

  • Use Bitcoin em aplicações de negociação e DeFi de maneira neutra em carbono.
  • Rastreie os dados necessários para ESG ou programas de sustentabilidade.
  • Converta de volta no ativo Bitcoin subjacente 1: 1.

aquecimento global, blockchain, comprar crédito de carbono, comprar créditos de carbono, crédito de carbono, créditos de carbono, criptomoedas, MCO2 token, moss, pegada de carbono, sustentabilidade, tecnologia, tokenização

Exchanges

Afinal de contas: o que são exchanges?

Entenda o que são as exchanges e o que fazem as empresas em que  você pode comprar e vender seus criptoativos

O QUE É UMA EXCHANGE?

Antes de uma viagem internacional, você vai a uma casa de câmbio para trocar seu dinheiro por dólares, euros ou pela moeda do país de destino,  certo? O processo é parecido para quem decide adquirir um cripto ativo – seja um Bitcoin, um MCO2 Token ou outro ativo digital.) É aí que entram as exchanges.

Uma exchange é uma plataforma digital que oferece a compra, a venda e a troca de cripto ativos. Sua principal função e diferenciação é oferecer esse serviço de forma prática, segura e dentro da lei. Por esta razão, taxas são cobradas e documentos são pedidos na hora do cadastro.

Em uma troca de cripto ativos feita diretamente entre usuários, fora de uma exchange, é impossível saber a origem do dinheiro ou do ativo envolvido, mesmo que sua intenção seja lícita e correta, podendo ser considerado algo de origem duvidosa pela Receita Federal ou algum órgão do governo.

QUAIS SERVIÇOS UMA EXCHANGE OFERECE?

É sempre bom destacar que existem inúmeras exchanges, oferecendo serviços diversos, logo, nosso objetivo é mostrar os mais básicos e comuns a todas elas. Alguns deles são:

  • VENDA DE CRIPTO ATIVOS

É quando uma exchange compra a preço de custo uma grande quantidade de ativos para revendê-los a preço de mercado. Vale lembrar que os preços dos cripto ativos podem variar de exchange para exchange, pois estas funcionam de forma independente um da outra. Neste caso, é bem diferente de comprar uma ação em uma bolsa de valores ou dólares em uma casa de câmbio, onde os preços são bem mais próximos entre os concorrentes.

  • TRADE E COMPRA ENTRE USUÁRIOS

É um serviço que permite que usuários troquem, comprem e vendam ativos entre si. Neste caso, a exchange serve apenas como uma intermediária.

  • COMPRA E VENDA COM ORDEM LIMITADA

Dentro da lógica de compra e venda de ativos, também é possível automatizar esse processo através de ordens de compra e venda ligadas a um determinado valor, o que chamamos de compra ou venda com ordem limitada. Por exemplo: você pode automatizar sua conta para comprar um determinado ativo por 100 reais. Quando este ativo atingir esse preço, você o comprará automaticamente, sem precisar, necessariamente, acompanhar sua variação de preço diária.

  • EMPRÉSTIMO
    É quando o usuário pode pegar ativos emprestados junto à exchange. O pagamento do empréstimo, assim como ocorre normalmente em um empréstimo bancário comum, exige pagamento de juros.
  • ARMAZENAMENTO

É o serviço de armazenamento de seus ativos em carteiras digitais.

COMO ESCOLHER UMA EXCHANGE?

  • Antes de escolher uma exchange, alguns fatores são importantes em sua decisão, como: pesquisar o volume de transações da plataforma, suas taxas e sua reputação em sites especializados
  • Verificar se a exchange está de acordo com as leis brasileiras e sua história no mercado. Não há impedimento de você dividir seus investimentos em mais de uma plataforma ou, investir em uma exchange e armazenar seus cripoativos em outra carteira digital.

EM QUE EXCHANGES POSSO ADQUIRIR O MCO2 TOKEN, O ATIVO DIGITAL DA MOSS?

Para adquirir seu MCO2 Token,  você não precisa entrar em nenhuma exchange. É possível comprar seus créditos na  própria plataforma da MOSS

Usuários que já estão no mundo cripto e já participam de diversas plataformas, também podem adquirir o MCO2 Token em exchanges globais como a sul-coreana ProBit, e a brasileira, Mercado Bitcoin, maior plataforma de criptomoedas e ativos digitais da América Latina.

COMO COMPRAR O MEU MCO2 TOKEN?

Hoje qualquer pessoa física ou jurídica pode adquirir o crédito de carbono MCO2 Token. Como já falamos anteriormente, ao comprar este ativo, você financia diretamente projetos que visam a proteção ambiental, o manejo florestal (em especial, da Floresta Amazônica) e a responsabilidade social, por meio da melhoria da qualidade de vida das pessoas da região em que o projeto está inserido. É um ativo perene, seguro, auditado por instituições internacionais e que pode ser seu em menos de dois minutos. Tem mais dúvidas em como adquirir o seu MCO2 Token? Clique aqui para ver o passo a passo e comece agora a fazer parte da maior plataforma ambiental do mundo.

Caso queira aprender a comprar, confira o vídeo que preparamos em parceria com o Mercado Bitcoin:

Para adquirir seus créditos de carbono, é só clicar aqui. Em minutos você adquire um ativo digital verde, seguro e auditado por instituições internacionais. 

A mudança que pode salvar o planeta está em nossas mãos, todos os dias. Neutralizando nossa pegada de carbono, reduzimos os impactos do aquecimento global e construímos juntos um mundo melhor.

Quer conhecer mais sobre o MCO2 Token? Clique aqui e conheça o maior ativo digital verde do mundo!

 

blockchain, carbon credit, comprar crédito de carbono, comprar créditos de carbono, crédito de carbono, créditos de carbono, exchange, exchanges, mco2, MCO2 token, moss, tecnologia, tokenização

5 razões para acreditar no MCO2 Token

5 razões para acreditar no MCO2 Token

Conheça o MCO2 Token, crédito de carbono da MOSS, a maior plataforma ambiental do mundo

O QUE É O MCO2 TOKEN?

O MCO2 Token é o crédito de carbono comercializado pela MOSS. Cada MCO2 equivale a uma tonelada de carbono equivalente que deixou de ser emitida para a atmosfera. Dentro do mercado de crédito de carbono, a MOSS se destaca como a maior empresa do setor, inovando com o uso da tecnologia blockchain.

Ao longo dos últimos séculos, a humanidade vem aumentando suas emissões de dióxido de carbono no planeta. Tal processo, que se acentuou após a Revolução Industrial, aumenta a temperatura terrestre causando o fenômeno conhecido como aquecimento global.

Este aquecimento do planeta gera diversas consequências sociais e ambientais como: extinção de animais e plantas; secas prolongadas; furacões de alta intensidade; dentre outros eventos que tornarão nosso planeta cada vez mais inabitável, gerando, inclusive, refugiados climáticos, pessoas que serão obrigadas a migrar de seus lares em razão das condições climáticas. 

É claro que o crédito de carbono não é a única solução para proteger a saúde do nosso planeta Terra. O importante é repensar os seus hábitos, reduzir a emissão de gases de efeito estufa e apostar na compensação via créditos de carbono como uma solução para neutralizar aquilo que, inevitavelmente, você ou o seu negócio emitiram de CO2 em um determinado período de tempo.

5 RAZÕES PARA VOCÊ ACREDITAR NO TOKEN DE CRÉDITO DE CARBONO DA MOSS

  • NOSSOS PROJETOS

Nossos créditos têm origem em projetos de conservação florestal que podem evitar a emissão de toneladas de dióxido de carbono. Em  um ano, já enviamos mais de US$ 13 milhões para a preservação de 780 mil árvores na Floresta Amazônica.

Com rígidos processos de análise dos projetos, que envolvem visitas, entrevistas, conferência de documentações, investigação e avaliação técnica dos riscos, a MOSS escolheu 20 dos 200 melhores projetos do Brasil.

Alguns deles já foram detalhados aqui no blog como o Projeto Agrocortex, uma das maiores iniciativas de exploração florestal sustentável do país, focado na produção madeireira a longo prazo; a Fazenda Fortaleza Ituxi, com foco no manejo sustentável para redução das emissões de dióxido de carbono; e o Amazon REED+IFM, que tem como objetivo a conservação de mais de 20 mil hectares de floresta no Amazonas.

  • TEMOS UM  TIME DE ESPECIALISTAS AO NOSSO LADO

O time da MOSS é formado por profissionais altamente preparados e apaixonados pelo meio ambiente. Estamos reunidos ao redor do planeta, sob a liderança de Luis Felipe Adaime, nosso CEO. Com formação na Standford University, após passar por grandes empresas como a LATAM e o banco Credit Suisse, Luis enxergou no crédito de carbono uma solução para o problema do aquecimento global. Através da MOSS, colocou esses créditos em carteiras digitais com tecnologia blockchain, hoje acessíveis a qualquer pessoa ou empresa, em menos de dois minutos.

Também contamos com um time consagrado de acionistas, entre eles o renomado ambientalista Fábio Feldmann. Como deputado constituinte, Fábio foi responsável pelo capítulo sobre meio ambiente em nossa Constituição, um dos textos mais avançados do mundo sobre esse tema. Nos anos seguintes, sempre esteve ligado ao tema, chefiando a comitiva de parlamentares brasileiros na ECO 92 (Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento – Rio 92) e tendo sido Secretário Estadual do Meio Ambiente do Estado de São Paulo. Fabio sempre buscou o caminho da preservação ambiental e do desenvolvimento sustentável, tendo há 35 anos, fundado a Fundação SOS Mata Atlântica. Hoje ele continua essa jornada com a MOSS, a maior plataforma ambiental do mundo.

  • TRANSPARÊNCIA E SEGURANÇA

Transparência e segurança são cruciais para o nosso negócio. Somos uma empresa auditada tributariamente pela Deloitte, que tem mais de 176 anos de confiabilidade no mercado internacional, com mais de 700 escritórios espalhados pelo mundo.

Nossas carteiras digitais estão em tecnologia blockchain, dando mais segurança aos seus créditos de carbono. Recentemente, a segurança de nosso MCO2 Token foi auditada pela Certik, empresa especializada em segurança blockchain e pioneira no uso do processo de verificação formal em contratos inteligentes. Isso significa que nosso token agora é comprovadamente seguro e livre de vulnerabilidades.

A geração dos nossos créditos de carbono é auditada pela EY (Ernst & Young), uma das maiores empresas de auditoria independente do mundo, certificando aos nossos clientes e parceiros a integridade e transparência do MCO2.

Para nós, é de extrema importância que nossos clientes tenham segurança em nosso trabalho e esse é o motivo de sermos parte do Sistema B. Recentemente recebemos o status pendente B Corp, um status especial para novos negócios. Isso nos coloca no caminho para a certificação B Corp, que é “o mais alto padrão para empresas socialmente responsáveis”.

  • JÁ COMPENSAMOS EMISSÕES DE GRANDES EMPRESAS 

Em menos de um ano, estabelecemos parcerias com diversas empresas, brasileiras e  estrangeiras, para zerar suas emissões de carbono. Dentre elas, podemos citar: Bionexo, Rally dos Sertões e Brainvest.

  • ESTAMOS NAS MAIORES EXCHANGES DO MUNDO

Para ficar ainda mais fácil comprar seus créditos de carbono, estamos em duas das maiores exchanges do mundo: a sul-coreana, ProBit, e, a brasileira, Mercado Bitcoin, maior plataforma de criptomoedas e ativos digitais da América Latina.

COMO ADQUIRIR O MCO2 TOKEN?

Para comprar seu MCO2 Token é só clicar aqui. Se tiver dúvidas e precisar de um passo a passo, é só clicar aqui. Não perca tempo, compre seus créditos e faça parte da maior plataforma ambiental do mundo!

bitcoin, blockchain, carbon credit, comprar crédito de carbono, comprar créditos de carbono, créditos de carbono, efeito estufa, mco2, MCO2 token, meio ambiente, moss, pegada de carbono, sustentabilidade, tecnologia, tokenização

Bitcoin Moss

Entenda como compensar criptomoedas como o Bitcoin

Após o empresário Elon Musk criticar o custo ambiental do Bitcoin, a criptomoeda sofreu uma desvalorização histórica. Saiba como compensar esse dano ao meio ambiente com a MOSS

No último dia 12 de maio, o empresário Elon Musk anunciou que a Tesla, uma de suas empresas, não aceitaria mais o Bitcoin como forma de pagamento de seus veículos. Em seu Twitter, o empresário publicou:

“A Tesla suspendeu as compras de veículos usando Bitcoin. Estamos preocupados com o rápido aumento do uso de combustíveis fósseis para mineração e transações de Bitcoins, especialmente carvão, que tem as piores emissões dentre quaisquer combustíveis.

A criptomoeda é uma boa ideia em muitos níveis e acreditamos que seu futuro é promissor, mas isso não pode ter um grande custo para o meio ambiente.

A Tesla não venderá nenhum Bitcoin e pretendemos usá-lo para transações assim que a mineração fizer a transição para uma energia mais sustentável. Também analisamos outras criptomoedas que usam menos de 1% da energia / transação do Bitcoin.”

O resultado foi imediato: a criptomoeda sofreu uma desvalorização de 12% em um intervalo de apenas 24 horas, sua segunda maior queda, em números absolutos, da história. E o que temos a ver com isso? Bom, nós temos a solução para os receios de Elon.

O BITCOIN E O SEU CUSTO AMBIENTAL

O custo ambiental do Bitcoin não está em seu processo de compra e venda e sim no processo de mineração, que consome uma grande quantidade de energia em troca de garantir o funcionamento da blockchain e a segurança de suas transações.

A ideia é que participantes da rede ajudem a mantê-la segura e funcionando e, por isso, sejam recompensados financeiramente por meio da emissão de novos Bitcoins. Como a mineração consome uma grande quantidade de energia, a busca desses usuários (sejam empresas ou pessoas físicas) por uma energia barata e, muitas vezes, danosa ao meio ambiente, aumenta a cada dia. Consequentemente, esse processo torna-se cada vez mais prejudicial ao Planeta Terra.

COMO PODEMOS SOLUCIONAR ESSE PROBLEMA?

Uma opção para compensar as emissões de dióxido de carbono para a atmosfera é a compra de créditos de carbono. Nesse caso, a cada Bitcoin comprado, você pode compensar suas emissões adquirindo dois créditos de carbono com a MOSS. A aquisição do MCO2 Token, o crédito de carbono da MOSS, já repercutiu e foi citada por Fabrício Tota, diretor do Mercado Bitcon, em reportagem da CNN Brasil. (clique aqui para ler a matéria). 

É bom lembrar que todos nós, todos os dias, somos responsáveis direta ou indiretamente pela emissão de gases estufa para a atmosfera, o que é conhecido como pegada de carbono. Você pode ler mais sobre esse assunto aqui no blog e também calcular a sua própria pegada clicando neste link. Logo, todos nós, compradores ou não de Bitcoin, devemos fazer essa compensação.

CONHEÇA O CRÉDITO DE CARBONO DA MOSS: O MCO2 TOKEN

Com origem em projetos de conservação florestal, o MCO2 Token pode neutralizar toneladas de dióxido de carbono. A cada crédito comprado significa que uma tonelada de carbono equivalente deixou de ser emitida para a atmosfera. Para conhecer mais sobre esses projetos, clique aqui.

Ao colocar créditos de carbono em tokens, a MOSS tornou o mercado mais seguro, democrático e dinâmico. Em carteira digitais, o crédito de carbono deixou de ser somente um gasto para virar um ativo, que pode ser vendido em bolsas internacionais. A colocação das carteiras digitais em blockchain também aumentou a segurança do processo e deu maior transparência às transações.

Dentro do mercado de crédito de carbono, a MOSS se destaca como a maior plataforma ambiental do mundo. Em menos de um ano, o MCO2 Token valorizou 700% e foi responsável por enviar mais de US$ 13 milhões para a preservação de 780 mil árvores na Floresta Amazônica.

Não perca tempo, clique aqui para adquirir seus créditos e ajude a salvar o Planeta Terra!

bitcoin, crédito de carbono, créditos de carbono, criptomoedas, earth, mco2, MCO2 token, moss, pegada de carbono, tecnologia, tokenização

Aquecimento global

Aquecimento global: o que posso fazer?

Confira 10 atitudes  para combater os impactos do aquecimento global

O aumento desenfreado na emissão dos gases estufa é um dos maiores desafios de nossa geração. Com um padrão de vida cada vez mais atrelado à grande emissão de poluentes, a humanidade coloca o planeta e as próximas gerações em risco.

Intensificado após a Revolução Industrial, o aumento na emissão de gases de efeito estufa é um problema muito atual Segundo dados do Observatório do Clima, em 2019, no Brasil, tivemos um aumento de 9,6% das emissões brutas de gases de efeito estufa, mesmo com um aumento do PIB (Produto Interno Bruto) de apenas 1,1%.Isso significa que mesmo com  baixo crescimento econômico, poluímos muito. 

No entanto, a mudança que nós queremos depende de cada um de nós. Vamos listar aqui 10 atitudes que podemos mudar no nosso dia a dia que contribuirão para diminuição da emissão de dióxido de carbono e, consequentemente, a diminuição do aquecimento global.

1 – DIMINUA O CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA

A produção de energia elétrica é uma das principais responsáveis pela emissão de dióxido de carbono para a atmosfera. Apesar de termos muitas opções de energia limpa (como já falamos aqui no blog), uma boa parte dessa produção ainda emite uma grande quantidade de gases de efeito estufa.

Algumas pequenas atitudes do nosso dia a dia podem ajudar a diminuir o consumo de energia elétrica, como: observar a etiqueta de eficiência na compra de eletroeletrônicos, optando sempre por comprar os que estiverem com a letra “A”, que indicam menor consumo. apagar as luzes ao sair dos ambientes; desligar os aparelhos eletrônicos da tomada etc. quando não estiverem em uso; 

2 – DEIXE DE LADO O CARRO

Ir para o trabalho em um carro movido a gasolina é algo nocivo para o planeta, em razão da grande emissão de CO² para a atmosfera. Por isso, usar o transporte público, andar a pé, incentivar a “carona” e usar mais a bicicleta como meio de transporte também são atitudes que podem ajudar a salvar o planeta.

3 – MUDE SUA ALIMENTAÇÃO

A criação de gado em pastagem é uma das grandes responsáveis pela emissão de gases de efeito estufa, o que torna o alto consumo de carne prejudicial para a saúde do meio ambiente. 

Alimentos processados (como batatas chips e refrigerantes) podem ser substituídos por produtos cultivados localmente. Lembre-se que a emissão de poluentes está em todo o ciclo de vida do produto, desde a sua plantação até a sua total deterioração do ambiente, incluindo aí produção, transporte e descarte. Fazer a sua própria horta orgânica também é uma opção sustentável!

4 – ATENÇÃO AO COMPRAR MÓVEIS E OBJETOS DE MADEIRA

Você sabia que os móveis de madeira da sua casa também são responsáveis pela emissão de gases de efeito estufa? Sempre verifique se a madeira é certificada, o que garante que ela foi manejada de forma correta e não extraída ilegalmente de matas nativas. Uma das formas de fazer essa verificação é solicitando o DOF (documento de origem florestal) que é uma licença obrigatória para transporte, beneficiamento, comércio, consumo e armazenamento de produtos e subprodutos florestais de origem nativa. 

5 –  EVITE O DESPERDÍCIO E O CONSUMISMO

Nosso consumo é muito pautado pela publicidade e pelo consumo de produtos, muitas vezes, supérfluos. Aqui a dica é , além de não desperdiçar alimentos, tentar não comprar roupas que não serão usadas com frequência. Dê preferência a produtos com alta durabilidade, afinal, um consumo consciente é fundamental para salvar o planeta. A ida ao mercado também exige mais atenção:  leia sempre os rótulos e busque a origem dos alimentos e produtos, além de pesquisar sobre o processo produtivo.

6 – REDUZA A SUA “PAPELADA”

Ao imprimir, utilize a frente e o verso das folhas, opte por contas digitais e recuse todo e qualquer papel sem utilidade como notas fiscais físicas, recibos de pagamento e contas em papel.

7 – RECICLE

Sempre que possível, reutilize embalagens e objetos. Deixe de lado as sacolas plásticas e utilize as retornáveis. Produtos reciclados são uma opção consciente de consumo.

8 – DEFENDA POLÍTICAS PÚBLICAS DE REDUÇÃO DE EMISSÕES DE CO2

É necessário a cobrança da população aos governantes por políticas públicas que pensem na redução das emissões de gases estufa. Desde o nível nacional, envolvendo a adesão a acordos internacionais pelo clima (como o Acordo de Paris) até medidas locais, como a construção de aterros sanitários e a coleta seletiva de lixo pela cidade. 

A existência de lixões a céu aberto e a queima irregular de resíduos ainda são responsáveis por uma grande quantidade de gases estufa na atmosfera.

9 – CUIDE DO SEU LIXO

Como falamos anteriormente, o correto tratamento do lixo é fundamental para a sobrevivência do planeta. Separe o lixo orgânico do reciclável e faça o descarte correto dos itens diferenciados, como pilhas e baterias.

10 – COMPRE CRÉDITOS DE CARBONO

Uma das formas para você ajudar a reduzir as emissões de gases estufa para atmosfera é comprando créditos de carbono. Cada crédito de carbono significa que uma tonelada de carbono equivalente deixou de ser emitida para atmosfera. Isto ocorre, pois esses créditos tem origem em projetos de conservação florestal que podem neutralizar toneladas de dióxido de carbono. 

Quer ler mais sobre como adquirir esses créditos? Clique aqui para saber mais sobre o assunto e ver o passo a passo de como comprá-los.

Atitudes simples que podemos tomar  hoje, irão nos ajudar a garantir a saúde do planeta para gerações à nossa frente. Podemos (e devemos) dar um mundo melhor para nós mesmos, para o meio ambiente e para nossos filhos e netos.

aquecimento global, carbon credit, comprar crédito de carbono, crédito de carbono, MCO2 token, meio ambiente, pegada de carbono, sustentabilidade, tokenização