Como os créditos de carbono são precificados na plataforma da MOSS?

Como tudo que é altamente disruptivo (como a MOSS.earth), há perguntas que têm surgido sobre como funciona a empresa — gostaríamos de esclarecer algumas dúvidas dos nossos usuários e potenciais parceiros na luta pelo meio ambiente!

1. Como são definidos os preços dos créditos de carbono vendidos na MOSS?

Os créditos de carbono da MOSS têm seus preços definidos no mercado secundário, ou seja, na plataforma MOSS, através das transações entre usuários nas quais os usuários compram e vendem créditos entre si.

Esses preços são formados de forma independente e seguem regras de mercado. Ou seja, regras de demanda e oferta. Se há mais demanda que oferta, o preço tende a subir, e se há mais intenção de venda do que de compra, o preço tende a cair — A MOSS não define o preço. O preço atual na plataforma MOSS de negociação entre usuários, apesar da recente alta expressiva, ainda tem desconto expressivo (mais de 50%) em relação ao preço médio das plataformas de compensação de emissão nos Estados Unidos e na Europa, que têm um preço médio atual de 25 euros (ao redor de 150 reais).

É importante ressaltar que este mercado é global (não é só brasileiro), e que o crédito de carbono é uma commodity negociada em dólares. A MOSS possui clientes no mundo inteiro. Por seguirem um protocolo global de certificação (reconhecido no mundo inteiro), os créditos são negociados globalmente e a MOSS não tem nenhum controle direto sobre o seu preço.

2. Como eu sei que os créditos da MOSS não são vendidos e revendidos mais de uma vez?

Os ativos de carbono negociados na plataforma MOSS devem passar por processos de certificação independente e serem registrados em plataforma de registro que determina padrões internacionais. Ou seja, na plataforma MOSS só são negociados ativos que tenham certificação e registro, de forma a se verificar a rastreabilidade do ativo e evitar dupla contagem. Em nosso site há um link para o lastro dos créditos de carbono da amostra e o link para a conta de registro global dos créditos, realizados por uma instituição, uma fundação sem fins lucrativos, de altíssima credibilidade. A certificação dos créditos selecionados pela MOSS segue um protocolo global reconhecido mundialmente no mundo inteiro denominado VCS (Verified Carbon Standard). As “wallets” digitais (carteiras digitais) e individuais dos clientes ou as suas contas de crédito de carbono são administradas por uma empresa independente e terceirizada respeitando práticas de mercado global.

3. Como eu sei que vocês não estão vendendo meu crédito várias vezes?

Todo processo de transações de créditos e criação de carteira é criteriosamente tocado por empresas independentes de tecnologia, que adotam processos de segurança tecnológica, como a criptografia. Em nosso site estão todos os selos dos protocolos de verificação dos créditos ofertados pela MOSS.

Importante ressaltar que toda a estrutura operacional — processos da MOSS — estão em fase de auditoria por uma das maiores empresa de auditoria do mundo, pois buscamos, com isso, a devida transparência e segurança para os clientes e usuários de nossa plataforma

4. Como vendo meus créditos de carbono?

Caso você tenha interesse em vender seus ativos, essa operação pode ser feita de forma independente, pelos próprios usuários nas exchanges, como FlowBTC e Mercado Bitcoin.

Gostaríamos de destacar que o preço atual da plataforma MOSS é determinado pelo mercado e, atualmente, está a menos da metade do preço da Europa. O preço é determinado de forma independente pelos que transacionam neste mercado e não é determinado e nem sofre interferência direta ou indireta da MOSS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *